Outubro 06 2006

Bem, estava a visitar o blog da Cricri: http://cricri.blogs.sapo.pt/ quando encontrei este jogo. Depois de ter lido as suas cinco coisas estranhas vi que tinha sido adicionado para continuar o jogo.

No entanto, antes de escrever este post fui visitar o blog do Rastr: http://renatoamorim.blogs.sapo.pt/. Ele foi quem indicou a Cricri, mas também me indicou a mim, portanto aqui ficam os dois blogs.

Bem, eu sou uma pessoa comum, sem nada de especial, sou muito desinteressante e a minha vida não tem emoção (), mas pronto lá vai.

1- Não querendo imitar a Cricri a verdade é que eu, ainda hoje antes de me deitar, vejo todas as noites se está alguma coisa debaixo da cama. Acho que tudo começou depois de ver as criancinhas na TV à procura de fantasmas, mas hoje é à procura de insectos pois um dos meus maiores medos é, também, que alguma coisa quitinosa me entre pelos ouvidos em plena noite.

2- Tal como os outros, eu também tenho um animal, um cão. Pode parecer estranho mas eu tenho um certo receio de deixar o meu cão solto no jardim. Isto deve-se ao facto dele correr feito tolo pelo jardim e depois de se satisfazer vai explorar os quintais dos vizinhos. Já uma vez foi para o telhado duma vizinha e a situação deixou-me traumatizado, facto que me leva a não deixar o meu cão sozinho no jardim.

3- No meu grupo de amigos, ou colegas, sou levado como muuuuuuuuuuuuito sarcástico. A verdade é que sou sempre tentado a procurar os pormenores mais sórdidos e incomodativos das pessoas. É mais forte do que eu.

4- Isto pode contradizer um pouco o que disse atrás mas é verdade. Sempre que me encontro numa situação mais incomodativa, ou simplesmente onde me sinta mais exposto fico logo vermelho. Por vezes até não fico envergonhado mas a minha face tem a péssima tendência de ficar extremamente vermelha.

5- Esta era a que eu escolhia entre mim e o meu cão. Fico comigo, o meu cão é só um cão. Se me quiserem ver a cair para o lado, literalmente, mostrem-me uma seringa. Seja na TV, em filme ou, pior ainda, na realidade, as seringas são um objecto que mesmo à distância me dão tonturas. Acho que nem preciso dizer o que é fazer análises.

Ok, já sei que o meu blog nunca mais vai ser visitado, que desci na vossa lista opinativa e que irei ser definido como um ser inexistente, mas isto é uma parte de mim e se perguntaram não posso esconder.

Obrigado, gostei muito de vos conhecer!

Aqui ficam as cinco pessoas que devem continuar o jogo:

Flor_e_abelhinha: http://flor_e_abelhita.blogs.sapo.pt/

“Aikido”: http://aikidonweb.blogs.sapo.pt/

Ayumi Suzuki: http://magiasdeharrypotter.blogs.sapo.pt/

Cornelius Fudge: http://harrypotternews.blogs.sapo.pt/

Sá Morais: http://vozdecelenia.blogs.sapo.pt/

Tentei não copiar nenhum dos blogs que vi já mencionados, não foi fácil mas consegui e peço desculpa aos donos de os meter nesta embrulhada!

Publicado por Fábio J. às 18:33
Tags:

Aonde queres que eu faça o jogo? No meu blog?
Ainda não percebi bem como funciona. Podias explicar-me?
mímica a 6 de Outubro de 2006 às 20:40

Caso possas participar deves colocar no teu blog, num deles, cinco coisas estranhas sobre ti e um animal de estimação que possas ter.
A função deste jogo é que todos nós nos possamos conhecer uns aos outros, não esquecendo a parte divertida.
Espero pelas tuas estranhices.
Fábio J. a 7 de Outubro de 2006 às 16:29

LOOL!!! Adorei a parte do "Obrigado, gostei muito de vos conhecer!"... Tem a sua piada... Para ser sincera, acho que não tens esquisitices muito preocupantes, por isso, fica descansado que não precisas de consultar nenhum médico! LOL ...
Acho que nem imaginas como te compreendo no que toca ao ponto 4... Também fico vermelha por tudo e por nada, e o pior mesmo é quando as pessoas te dizem "ficaste vermelha!!!! ah ah ah..." Francamente, isso é que deixa uma pessoa mal!
Para finalizar, não te preocupes, pois ninguém te vai abandonar! (e tu sabes disso, com certeza...) }*Bj*{

AH! obrigada pelo comentário, e continua a ser uma pessoa esquisita também!!!
Emplastr@ a 6 de Outubro de 2006 às 20:44

:) Todos nós temos as nossas coisas esquisitas!! Fiquei contente (MUITO) por saber que não era a única a espreitar debaixo da cama! Mas eu comecei por causa de um filme de terror (pois, outra coisa, não é é? mas não consigo ver ) e consegui libertar-me disso depois de ler "O Alquimista"! :) Mas a parte dos bichos também não escapa. Então para quem tem jardim, e as janelas abertas no verão há sempre a possibilidade de escapar alguma coisa...ai...
Quanto a corares, nem tu nem a Emplastr@ estão sós. Pela mais pequena coisa fico logo vermelha!É péssimo!
Gostei das seringas!! Bem, não me agrada fazer análises, é? mas só olhar para elas não me causa grande problema...É só seringas ou a ideia de acupunctura também não é suportada?? =)

Como disse a Emplastro@ não te preocupes que ninguém te vai abandonar!!
cricri a 6 de Outubro de 2006 às 21:59

Eu não suporto seringas, não só pela dor "ao espetar", mas principalmente por causa dos problemas que podem trazer.
Fazem-me sempre lembrar drogas, doenças transmissíveis e outras coisas ligadas, por isso acho que, se não me importasse com as dores até era capaz de fazer acupunctura.
Bem, pelo sim pelo não acho que prefiro não experimentar.
Fábio J. a 7 de Outubro de 2006 às 16:43

olá..... Obrigado pelo teu comment fiquei contente por saber além de dar atenção gostas daquilo q escrevo, ou como tu mesmo disseste - identificaste-te com as minhas palavras - isso para mim é gratificante . ;D





bjinho*
яaqel яita a 6 de Outubro de 2006 às 22:15

essa de olhar para debaixo da cama, parece que muita gente tem essa tipo de problemas. Tenho encontrado muita gente assim.
E só por causa da ultima frase que editaste, acho que tens algo de muito cómico contigo. Por muito estranho que fosses, os amigos não se abandonam, sejam eles como forem.
Um Abraço
Rastr a 7 de Outubro de 2006 às 13:04

LOOOOL ai adorei!!! ai mas adorei msm!! adorei a parte de dizeres k és uma pessoa tao normal k ng vai visitar o teu blog! epah ate és mas acredita k adorei a parte do sarcastico! tmb sou!!! e +as xs da medo ser assim! por ex: vejo alg de breguilha aberta....enkanto a pessoa n fexar parece k algo me impele a olhar pa la.....k vergonha .....kuando digo breguilha tmb podia dixer sinais, verrugas olhos tortos....um pouco de tudo!!! e n te preocupes! e teu blog vou visitar smp ;) *****
Miss Bradshaw a 7 de Outubro de 2006 às 17:31

Depois de ver todos estes comentários percebi quantas pessoas interessantes e descomplexadas (acreditem que isto é um grande elogio) conheci através da net.
A "essas" pessoas só tenho a dizer, que hoje, são como amigos e que é por elas que tanto prazer me dá escrever neste blog e visitar outros.
Obrigado por existirem e estarem aqui.

A agora a sério: é um prazer manter contacto convosco e espero que isto continue por muito tempo.
Fábio J. a 7 de Outubro de 2006 às 18:46

Olá Crítico, eu admiro a tua coragem ao conseguires matar os bichos, é que eu já tive montes de traumas, acho que é por causa disso que eu não consigo matar aranhas e centopeias grandes.
Disseste que nunca ter tido namorado era uma coisa normal, fiquei contente ao saber isso, é que muitas raparigas da minha idade namoram ou já namoraram. Querias saber que idade tenho: 15 anos e tu?
P. S. Eu amo o teu peixinho Letras, é tão querido!
mímica a 7 de Outubro de 2006 às 18:58

Não é por mal, mas esqueço-me sempre de agradecer pelo Letras.
Ele também gosta de quem visita o blog, principalmente se lhe derem de comer.
Escolhi este animal porque talvez seja o que mais se identifica comigo. Põe um no teu blog.
Fábio J. a 8 de Outubro de 2006 às 19:58

Olá Crítico! Eu por acaso já tive um grande trauma (ainda não sei se continuo, mas já não é intensamente como dantes). Quando tinha 13 anos fui mordido por uma cobra, eu fartei-me de berrar nesse dia e, ainda por cima, ninguém se acreditava que eu tinha sido mordido por uma cobra. Eu estava com uma aflição que nem imaginas!!! E depois perguntavam-me: "Foste mordido por uma cobra??? Isso devia ter sido uma sardanisca ou um bicho..."
Fui ao hospital e levei um anti-veneno. Felizmente não era venenosa. A partir daí não conseguia vir à rua, porque sempre que ouvia um barulho nas bermas do caminho, pensava que era uma cobra, ao ver as sardaniscas assustava-me, ficava apaburado. Preferia não sair de casa... Agora com o tempo, já me habituei a não entrar em pânico ao ver cobras. No outro dia ia a passar pela casa da minha avó e imagina o que encontrei: uma cobra verde venenosa (cheirava tão mal, parecia cócó de gato) enorme e a bufar para mim. Chamei imediatamente a minha avó (a cobra nem sequer fugiu, o que foi estranho) e ela apanhou-a com uma forquilha e matou-a depois com um pau arromando-lhe na cabeça.
Consegui superar o trauma, apesar de às vezes se encontrar um cobra, prefiro fugir do que matá-la.
Continua com o teu blog espectacular e continua a comentar no meu... Um abraço :)
Cornelius Fudge a 8 de Outubro de 2006 às 00:03

Ainda bem k nos Açores não há cobras! Eu nunca vi nenhuma. E ainda bem!
mímica a 8 de Outubro de 2006 às 15:42

Um blog sobre livros e afins. A descongelar lentamente...
Contacto
Contacto

As mensagens poderão não ser lidas por extensos períodos. Pedidos de divulgação e/ou colaboração poderão não obter resposta.
pesquisar
 
A ler...
Tales of Earthsea

Romeo and Juliet

comentários recentes
<a href='http://www.cricinfobuzzlive.com/live-c...
E Jack london?Eça de Queiros.....
Também adorei!:http://numadeletra.com/a-mancha-hum...
Quando será lançado o quarto livro em português do...
Estou agora a ler esse livro e este seu texto deu-...
arquivos
2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


Leitores Online
online


O autor deste blog não respeita o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa