Fevereiro 08 2007

A custar 26,50 euros, Harry Potter and the Deathly Hallows está disponível para reserva em sites como a Webboom.pt, e a Editorial Presença já começou com a habitual divulgação do lançamento. Com lançamento marcado para 21 de Julho, a fase de pré-lançamento começou, bem como os descontos e os destaques dos livros da saga. A ansiedade é bastante, e já são muitos, fás e livrarias, que suspiram pelo lançamento da edição original.

A edição em português chegará cerca de três meses depois, portanto ai ainda é muito o tempo que antecede o fim da saga, mesmo na versão original. Longe de mim compra-lo agora, mesmo com grande interesse, mas por agora temos que nos contentar com outros, igualmente, bons livros.

Ontem acabei de ler Anders 2 – Na Terra Escura, a sequela do já lido e analisado Anders 1. Se no primeiro volume comecei com grandes expectativas e a gostar do que lia e acabei com uma certa desilusão, com este a situação foi inversa: esperava muito pouco, encontrando momentos pouco interessantes, mas acabei por descobrir os lados positivos da história e entrar nela de forma que a vivi intensa e profundamente, bastante mais do que no anterior.

Neste livro abandonamos o cenário inicial, frio, estranho e desolador onde toda a história começara e partimos para outro, juntamente com Anders e Katt. Partimos para um mundo novo, aparentemente digno duma história de encantar. O ambiente transforma-se e isso sente-se nas palavras. Para além disso, somos confrontados com um novo grupo de personagens, aparentemente mais familiares mas na realidade mais estranhas e complexamente misteriosas.

A descoberta deste novo mundo e o desenvolvimento mais activo funcionam como pontos fortes deste volume. Continuam a existir momentos, a meu ver, desnecessários, no entanto, neste livro, as relações entre seres pensantes funcionam com mais realismo e complexidade, sendo que cada personagem, e sociedade, apresenta os seus valores duma forma totalitária e bastante mais expressiva.

A demanda para a fuga de entre os Elders (os elfos tirânicos e estranhos da história) revela-se inútil e não posso deixar de salientar um dos últimos capítulos da história, um dos mais intensos de toda a minha vida literária: o confronto com uma realidade cruel e dura, o desespero perante a situação, a luta (literalmente) trágica e impulsiva gerada pelo desespero e as suas consequências. Simplesmente fantástico!

Mais uma vez, o livro acaba com uma situação bastante problemática e com um grande ponto de interrogação. Anders está só e luta pela sobrevivência.

Deixei-me levar pela história sem expectativas, mas acabei por me envolver e sentir na pele os profundos sentimentos das personagens. O livro apresenta falhas, não duvido disso, mas também tem a força de nos envolver e deixar apaixonados.

Gostei e agora sei que quero continuar.

Anders 2 - Na Terra Escura de Wolfgang Hohlbein e Heike Hohlbein

Até Breve e Boas Leituras!!! 

Publicado por Fábio J. às 23:25

Bem, isso foi uma grande mudança!
Lembro-me perfeitamente que no Anders 1 ficaste desiludido no final no livro. Ainda bem que gostaste mais deste e que queres continuar!
Já li alguma coisa sobre o livro, mas ainda não tenho uma opinão formada acerca dele, até porque é preciso lê-lo, mas parece-me uma história "estranha"... Se bem que na Fantasia é quase tudo estranho. Não sei estou dividida, mas acho que um dia hei-de ler.

Quanto ao tão desejado Haary Potter... Acho que já estive cpom mais vontade de o ler, se bem que isto se deve certamente ao facto de ter lido agora outros livros de fantasia que adorei e o Harry Potter ter ficado um pouco de lado, não deixando contudo de ser dos meus livros favoritos... Já estive a debater o assunto do novo livro: há gente que vai comprar a edição inglesa, logo que saia, eu não creio. Começei a ler Harry Potter e a Pedra Filosofal em inglês e revelou-se muito fácil de ler (não sei se foi pelas palavras ou pelo facto de saber a história quase de cor) mas ler o último em inglês, coisas que podem ficar sem perceber...prefiro esperar por Outubro e ler naminha língua, como é minha " tradição".

Ainda não acabei Lágrimas do Sol e da Lua, (até porque tive teste de matemática esta semana .. :S) mas tal como previ não está a ser tão cativante como os dois últimos...pena!
Bom fim-de-semana!
cricri a 9 de Fevereiro de 2007 às 14:37

O adjectivo que melhor caracteriza Anders é, sem dúvida, estranho. Estranho não só ao nível de enredo mas também estranho em relação à acção e à linguagem. Há muito que, a meu ver, podia estar melhor, mas em geral a história deste livro é bastante agradável e interessante. Por isto mesmo quero saber o que acontecerá a seguir.
Em relação ao Harry Potter também não estou "louco" de curiosidade e sei que, provavelmente, só lerei o livro algum tempo depois de ter sido lançado na versão portuguesa, talvez no Natal. Contudo, não deixa de ser interessante acompanhar toda esta azafama em torno da saga.

Agora deixaste-me curioso e preocupado: Lágrimas do Sol e da Lua é uma obra desilusória? Apesar de já teres comentado que isso pudesse acontecer ainda tinha esperanças que houvesse, neste volume, algo que te fizesse mudar totalmente de ideias... mas pronto, vou ter de esperar para ver (ou ler).

Eu mal posso acreditar que é fim-de-semana. Tive dois testes e ainda estou cansado. Segunda tenho outro, mas não há nada a fazer!

Aproveita o fim-de-semana e Boas Leituras!!!
Fábio J. a 9 de Fevereiro de 2007 às 15:59

Eu espero ler Harry Potter quando sair, mas veremos as voltas que isto dá. O problemna e o que me faria comprar o livro em inglês seria que toda a gente irá a ficar a saber o final. Acredito que todos os sites Potterianos publiquem o final e até na TV apareça..Era bem melhor ser supresa no momento qu se lê, ams duvido..Enfim, não há nada a fazer - só isolando-me mesmo, hehe.

Bem, não diria que é desilusório...Mas comparado com O Guerreiro Lobo que é fantástico este faz perder um pouco o interesse..É a minha opinião, nõa ahco tão cativante, mas gosto! Ainda hoje comentava isso e disseram-me que para apreciá-lo tenho de o ler até ao final, vou continuar este fim-de-semana.

Imagino como deves andar com os testes..Eu só tive um, mas já foi dose..dois então... Agora descansa e aproveita ao máximo! Viva o fim-de-semana! ;)
cricri a 9 de Fevereiro de 2007 às 17:15

Perdi o interesse pelo Harry quando começou a ter demasiada fama,filmes,etc... mas não deixa de ser curioso...

Parei agora de ler livros de fantasia e ando concentrada no D. Sebastião e o Vidente que está a ser devras interessantes. E também no Memorial do Convento que estou a ler com muita calma. Acredita que me está a supreender mas isso podes ver nos meus outros blogues. A minha opinião.

Boas leituras...
Cláudia Oliveira a 9 de Fevereiro de 2007 às 17:20

Ao contrário de ti eu só descobri Harry Potter graças à sua fama. Acho que já tinham sido lançados dois filmes... Se não tivesse sido o destaque que a história teve talvez nunca descobrisse a série. E a sua fama não me incomoda, até acho engraçado ver toda esta agitação e interesse em torno duma história de fantasia. É este e o Senhor dos Anéis.
D. Sebastião (...) é um livro que me desperta interesse e estou a pensar em lê-lo. Quanto ao Memorial do Convento deixa-me dizer-te que o procurei em duas bibliotecas: numa não havia, na outra os exemplares estavam requisitados... enfim.

Bom fim-de-semana e Boas Leituras!!!
Fábio J. a 9 de Fevereiro de 2007 às 18:49

Adivinha adivinha o que vou receber no dia dos namorados.... Eragon e Eldest!!! Yupiiiiiiiii!!!!!!
Cláudia Oliveira a 9 de Fevereiro de 2007 às 17:20

Sem dúvida que é uma prenda original!
O único problema é gostares demais da história, te apaixonares por ela... deixas o namorado em segundo plano e depois este deixa de te dar este tipo de presentes.
Estou a brincar, mas acredito que te apaixonarás pela história. Eu gostei bastante...

Boas Leituras, então!
Fábio J. a 9 de Fevereiro de 2007 às 18:52

O meu princepe sempre em primeiro!
Cláudia Oliveira a 10 de Fevereiro de 2007 às 11:58

Ja da outra vez de que falaste do Anders1, deixaste me curioso sobre o livro. Mas agora que falaste do segundo quase me sinto obrigado a adiciona-lo à lista de livros que quero ler, pois parece ser deveras interessante! Bom Post! Boas Leituras!
leitor a 10 de Fevereiro de 2007 às 10:09

Não sei se o facto de não ter gostado muito do primeiro livro se deveu à história ou a alguma fase estranha que eu passava mas a verdade é que gostei mais deste.
Também neste houveram partes que não gostei, mas no geral é melhor, para além de ter alguma partes bastante tocantes...
Tem um estilo diferente, mas talvez (ou mesmo por isso) gostasses.

Boas Leituras...
Fábio J. a 10 de Fevereiro de 2007 às 15:13

Quando reparei que tinhas um novo post , primeiro interroguei-me se desta vez não te tinhas desiludido com o livro. Pelos vistos não! É interessante, mas pelo que descreveste do livro penso que é o único livro que eu conheço em que os elfos são totalmente maus e "sanguinários". Em muitos livros que eu já li, existem elfos bons, elfos maus, e elfos que se tornam maus, mas não elfos tirânicos e perseguidores..........acho que deve ser uma perspectiva interessante uma uma adoradora da raça elfica . Mas estou agora a lembrar-me de que os orcs em o senhor dos anéis foram outrora elfos corroídos pela sede de poder, e que acabaram por ficar tão malévolos que se deformaram e deixaram de ser elfos. Gostaria de ler e anders só para conhecer esse novo tipo de elfos...................

Quanto ao Harry Potter , estou ansiosa por ler o novo livro, mas vou esperar pela edição portuguesa, pois apesar de conseguir ler perfeitamente bem em inglês, não tem a mesma emoção de ler em português, pois em inglês podem haver pequenas coisas que me escapem e que sejam essenciais na história. É uma pena demorar tanto tempo a ser traduzido..........
mc a 10 de Fevereiro de 2007 às 11:36

Não quis dizer que os elfos da história são sanguinários.
São diferentes dos que encontramos noutras histórias, pois não existe tanto aquela perspectiva de alma surreal, calma e pura. Estes conseguem ser crueis e são principalmente as suas regras e costumes (estranhos e anormais) que os adjectivam negativamente. Também é possivel encontrar relações afectivas verdadeiramente complexas entre eles, mas, regra geral, são mais frios que o normal.
É importante também ter em atenção que a história se passa na actualidade e que o mundo élfico não verdadeiramente deles.
Os elfos só aparecem, de forma explicida e activa, neste volume, mas irão continuar nos próximo volumes, pelo que sei.
De elfos estes praticamente só têm o nome (e as orelhas), mas acredito que achasses interessante.

Bye...
Fábio J. a 10 de Fevereiro de 2007 às 15:22

Mas eu gostava de ler um livro assim, com elfos..........sanguinários............eu já li livros com elfos frios e calculistas, e que até são capazes de matar pessoas só por prazer, mas nesses livros, não dão muita importância a esses elfos, falam deles em dois capítulos e depois deixam de ser mencionados..........um livro dedicado exclusivamente a elfos, sanguinários e não sanguinários, deveria ser interessante! Meu Deus deves estar a achar que eu sou uma maluca doida por sangue......mas quando eu digo sanguinários quero dizer cruéis , e eu só gostava de ler um livro assim porque seria diferente de tudo o que eu já li! Eu até sou uma pessoa bastante calma...................................
mc a 11 de Fevereiro de 2007 às 11:56

Ontem estava a ler um estilo de folheto da fnac (Fantástico mundo da fnac) com vários livros e filmes do estilo fantástico. quando vi la todos os livros de anders, lembrei'me de ti :D

parece ser uma história interessante. Não há livro que não apresente as suas falhas, porém nem todos nos cativam da mesma maneira.

em relação ao Deathly hallows, vou comprá-lo no dia que sair, na versão inglesa, primeiro porque gosto de ler em inglês, como fiz com o Half-Blood-Prince, e segundo, porque não iria aguentar esperar os tais 3 meses até sair a versão em português.

está caro o livro mas vai mesmo ter de ser.

Continua com as leituras ;)

beijinhos ***
Dee a 10 de Fevereiro de 2007 às 11:37

Por acaso já tive oportunidade de encontrar essa iniciativa da Fnac. Encontrei coisas muito interessantes e acho a iniciativa magnífica, quanto mais não seja porque adoro o estilo...
Anders sem dúvida que marca um ponto no estilo, principalmente por ser bastante diferente e original. Tens razão no que dizes, pois esta saga não me cativou muito, principalmente o primeiro livro.
Em relação ao Harry Potter 7, eu vou esperar pela versão portuguesa, e nem penso em fazer parte das filas das livrarias. Vou tentar não ler nada sobre o desfecho da saga antes de o ler, mas só penso ler a história lá para o Natal... já esperei tanto, mais algum tempo e não morre ninguém!

Bye...
Fábio J. a 10 de Fevereiro de 2007 às 15:32

Boas,

Primeiro que tudo, fiquei muito feliz por encontrar mais alguém que tenha lido este livro.

Eu já li os 4 totais e fiquei com uma excelente opinião deles. Este tipo de livros são os que mais aprecio. Além disso, adiciona-se uma história que até podia realmente acontecer (como lerás a seguir).

No total dos livros, gosto bastante de todos e acho que foi uma das melhores histórias que li.

O próximo que lerás, o terceiro, poderá ser o mais aborrecido, devido à exploração de uma acção na história que dura metade do livro. Contudo, é bastante importante no desenvolver da história. Não fiques com medo de ler. Acredita que vale mesmo a pena ler esta saga.

Creio que retrata exactamente o que está a acontecer à nossa sociedade e tecnologia e alia isso com a ficção.

Acho que dos 4, gostei mais do segundo. Mas no geral apreciei todos.

eheh Já me estou a repetir.

Espero que gostes do resto da saga. Se quiseres contacta-me por email. Terei prazer em discutir umas ideias.

Sem mais,

Pedro Santos
Batnu a 31 de Maio de 2007 às 15:36

Antes de mais, obrigado pelo comentário.
Também para mim não é fácil encontrar muita gente que já tenha lido este livro, se bem que continuo a trocar opiniões com as poucas que encontrei, por mail.

Devo dizer que o primeiro livro foi pouco cativante. Não gostei do final e por isso fiquei com uma má ideia da saga. Contudo o segundo volume fez-me esquecer isto, dado os fantásticos acontecimentos que lá encontrei.
Uma das coisas que me deixa curioso é o porquê da existencia daqueles seres, naquele vale perdido. Espero que isto seja esclarecido nos próximos volumes, que pretendo ler, em breve.

O teu comentário reacendeu-me a vontade de continuar com a saga, e agradeço-te por isso. Já não me preocupo muito com esses tais momentos monótonos da história, afinal encontrei bastantes na saga, e continuo a dizer que é uma importante falha da história.

Até Breve e Boas Leituras!!!
Fábio J. a 2 de Junho de 2007 às 17:12

Pa Anders deixa o harry encostado a um canto as pessoas é ke so kerem saber de harry e n falam de livros komo este tou ansioso para komessar a ler andres 2 se dizes ke é bakano ainda me animas +
leandro a 25 de Setembro de 2007 às 15:21

Por um lado concordo contigo: muitas pessoas faziam bem observar e experimentar outras literaturas que não aquelas "de montra", e neste estilo nota-se isso.
A partir do 2º livro rendi-me à história. Neste volume entram bastantes novas personagens e conceitos. É um livro de transição, tal como o 3º mas acho que irás gostar.
Fico à espera da opinião.
Fábio J. a 27 de Setembro de 2007 às 20:39

Estou mesmo no fim do 4 livro e vim ver as opinioes overall do livro, falasse mais de harry potter do que anders mas é compreensivel, falta-me ler o ultimo harry potter mas ja nem tenho vontade... Gostei dos anders todos até agora, o 1 pelo começar da historia com mais perguntas que respostas e pela paixao entre anders e katt e claro a grande fuga muito bem descrita.. o 2 passou-me mais ao lado numa vista geral mas tambem foi interssante a relaçao entre anders e katt tipo romeu e julieta e claro para mim a luta final de katt e anders contra os elders foi das melhores partes dos 4 livros. o 3 foi "as duas torres do senhor dos aneis", batalhas do inicio ao fim, muito espectacular, pena nao ter entrado a katt. e agora neste 4 as perguntas parecem ter respostas convincentes mas que tambem qualquer pessoa chegaria lá, continua a ser um bom livro e tenho a certeza que vou gostar banstante do fim. Gostei muito e aconselho o livro para quem goste das boas sinopses fornecidas pelo nosso, pois nao sei o nome, mas bons posts pessoal, boa ferias a todos, ou continuaçoes
Kinito a 23 de Agosto de 2008 às 19:38

Dos quatro volumes, o primeiro foi o que menos gostei e o terceiro o meu preferido, talvez pelas tais "batalhas do início ao fim".
Uma das falhas de toda a saga é mesmo a ausência de respostas, pois mesmo no final da tetralogia muito fica por esclarecer.

Já agora, de todo não compreendi o "aconselho o livro para quem goste das boas sinopses fornecidas pelo nosso". Não percebi se o "nosso" sou eu, ou melhor, não percebi nada.

Boas férias e Boas Leituras!
Fábio J. a 24 de Agosto de 2008 às 23:09

Um blog sobre livros e afins. A descongelar lentamente...
Contacto
Contacto

As mensagens poderão não ser lidas por extensos períodos. Pedidos de divulgação e/ou colaboração poderão não obter resposta.
pesquisar
 
A ler...
Tales of Earthsea

Romeo and Juliet

comentários recentes
<a href='http://www.cricinfobuzzlive.com/live-c...
E Jack london?Eça de Queiros.....
Também adorei!:http://numadeletra.com/a-mancha-hum...
Quando será lançado o quarto livro em português do...
Estou agora a ler esse livro e este seu texto deu-...
arquivos
2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


Leitores Online
online


O autor deste blog não respeita o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa