Abril 01 2007
Tinha planeado começar o post de hoje com alguma mentira, devido ao dia, mas não me lembrei de nenhuma que merecesse a exposição. Para além disso estou cansado e um pouco enraivecido por causa de desavenças com o meu PC. Mas nada de grave. A hora também não deve ajudar.
Mas como hoje começa um novo mês, que certamente trará novidades, é altura de dar o inquérito do blog por concluído e fazer a sua análise. Devo dizer que este mês fiquei surpreendido com os resultados, e pela forma como estes foram se apresentado ao longo do mês.
Colocava uma simples afirmação e esperava que os visitantes do blog a completassem de acordo com a sua opinião. O ponto inicial era simples: “Um livro, um ponto forte na Literatura”.
Como não podia deixar de ser o livro mais vendido e mais lido da história tinha de estar presente. Refiro-me, pois, à Bíblia, o pilar duma das maiores religiões do nosso tempo e certamente a mais influente. Este livro criou crenças, influenciou pessoas e povos, gerou guerras e foi elevado a símbolo de paz. Com parábolas, metáforas e um fundo histórico, este livro abriu as portas a novas mentalidades.
Mas talvez a Bíblia não tenha uma influência tão grande na literatura, embora a tenha na História. Outro livro que também usa um fundo histórico para criar ficção são Os Lusíadas, esta obra que simboliza Portugal. Confesso que acho esta narração épica fantástica, a todos os níveis. Mesmo morto, Camões merece os parabéns por ter criado a obra com a estrutura que tem e, ainda mais importante, com uma coerência e beleza fascinantes. É um marco na literatura portuguesa e muito dificilmente haverá obra igual.
No entanto, os tempos evoluem e séculos mais tarde as mentalidades são outras. É altura de criar algo de revolucionário. É altura de desenvolver a ficção e criar a Fantasia, e não há obra mais influenciadora do que a trilogia d'O Senhor dos Anéis, nesta área. Quanto são os títulos que apelam a referências ao mestre, nas suas capas? Quantas são as obras que incluem elfos, anões, orcs e outros seres da mitologia tolkiana? Muitos, garanto eu.
Apesar de tudo, existem fenómenos incríveis. Veja-se Harry Potter, uma saga que já vendeu mais de 300 milhões de cópias no nosso mundo globalizado. Esta série influenciou à leitura e não é raro ver jovens dizerem-se fãs da saga. Fãs de obras literárias! Haverá prova mais significativa do que estes livros representam. E também já vi muitos livros que apelam à magia e feitiçaria...
E falar de fenómenos literários é falar também de O Código da Vinci, uma das obras mais polémicas e imitadas do mundo. Já não é novidade quando vemos obras que invocam conspirações religiosas e símbolos perdidos nas nossas livrarias. Foi um estilo que se criou, disso não tenho dúvidas, e que demorará a se desvanecer.
Os visitantes escolheram Os Lusíadas como o ponto mais forte na literatura. É sem dúvida um marco incontornável na escrita portuguesa e uma verdadeira lição ao mundo inteiro, tanto da capacidade portuguesa, como da sua fantástica História.
Existem livros... e livros, mas nem todos são iguais. Há que reconhecer que uns criam estilos ou modas, outros influenciam nações e modificam a história. É este o poder dum livro e é o poder que devemos que devemos respeitar.
____________________________________

Um livro, um ponto forte na literatura:

 

16.31% Bíblia
24.82% Os Lusíadas
19.85% O Senhor dos Anéis
24.11% Harry Potter
14.89% O Código Da Vinci

 

Total: 141 respostas

 

Até Breve e Boas e marcantes Leituras!!!

Publicado por Fábio J. às 23:59

Estou a ver que o Harry Potter perdeu por pouco... E por isso fico um bocado enraivecida Estou a brincar... lol. Qualquer um dos candidatos era um vencedor justo. A vitória dos Lusíadas só mostra o patriotismo dos leitores e seus gosto por leituras de qualidade... lol

Bjo*
Night_Angel a 2 de Abril de 2007 às 18:38

Sim, a vitória seria compreendida e justificada em qualquer um dos casos.
Foi um inquérito muito renhido. Era engraçado porque via os resultados quase todos os dias e praticamente o "vencedor" nunca era a mesmo. Aliás, acho que todas as obras chegaram a estar à frente, pelo menos uma vez.

Pelos vistos os visitantes são patriotas e gostam do que é nacional. Acho muito bem. Já que já, eu votei no Senhor dos Anéis, mas acho que o "prémio" ficou muito bem entregue.

Bye
Fábio J. a 2 de Abril de 2007 às 20:09

Estive um pouco indecisa nesta votaçao porque todos estes livros sao; de facto, importantes.
A Biblia é realmente um livro muito importante, mas nao a considero um ponto forte na literatura. Para ja, nem todas as religioes a aceitam, logo estaria marginada a uma certa populaçao.
Os Lusiadas... Sinceramente nao é uma obra que eu qprecie muito. Depende. Gosto de algumas partes, de vez em quando pego nele, principalmente O Consilio dos Deuses e Ines de Castro. Reconheço a sua importancia na literatura nacional mas tinha concorrentes mais fortes, da linha opiniao, no questionario.
O Senhor dos Aneis, é uma obra grandiosa, sem igual! Estava indecisa entre esta e a minha escolha.
O codigo da Vinci levou muita gente a ler, gostie bastante de o ler, mas ainda assim havia candidatos mais forte.
Haar Potter. Foi essa a minha escolha. Numa indecisao entre Harry Potter e O Senhor dos Aneis resolvi escolher este. O segundo é uma obra fantastica e gloriosa, mas, daqui a algumas centenas de anos, qual sera um dos maiores icones do fim do seculo XX e inicio de novo seculo? Harry Potter. Qual deles levou milhoes de crianças e adutos (!) a ler e a ficarem autenticos fas? Harry Potter. Acho que é um dos maiores pontos fortes da literatura e que jamais podera ser esquecido, sem duvida que esta saga recolucionou a vida de muita gente, incluindo a minha. Nao me imagino sem ler Harry Potter.

Espero que nao te tenham pregado muitas mentiras! ;
cricri a 2 de Abril de 2007 às 23:01

Grande comentário. Gostei!
Eu sinceramente acho Os Lusiadas uma obra muito interessante. Não pego nela como um título que amo, contudo, talvez por ter analisado na escola, gosta da maneira como as mensagens são transmitidas. Li também em prosa, e não gostei muito. Prefiro o original.
Eu votei no Senhor dos Anéis. Já que falavamos de influências e marcos na literatura achei esta uma obra incontornável. Acredito que não será apenas o Harry Potter a ser recordado, daqui a alguns séculos. Esta trilogia também, quanto mais não seja por causa dos filmes. São centenas as obras que usam conceitos totalmente criados por Tolkien, como os Orcs, por exemplo.
É lógico que o número de copias que o HP já vendeu também não passa despercebido. Para além disso o que disseste está correctíssimo. Também fui influenciado por esta saga. Foi com HP que comecei a ler grandes obras, romances e fantasia no geral. Tenho a certeza que a minha vida não seria a mesma sem esta saga. Talvez a minha paixão pela leitura nem fosse tão significativa. devo muito à saga.

Bem, acho que percebeste. Qualquer um seria um bom vencedor.
Vou ler... Boa noite.
Fábio J. a 2 de Abril de 2007 às 23:22

Puxa, dizer que a Bíblia não tem muita influência na Literatura é golpe baixo. Geralmente que diz isso é porque ainda não a leu inteira. Nela tem de tudo, literatura fantástica, romance, ficção, guerra, filosofia, história, suspense, só pra lembrar alguns. E o que dizer de todos os escritores mundiais que foram influenciados por ela? Já vi muitos, bons e ruins, que tiveram inspiração determinados personagens, ou passagens, ou até de simples versículos. O último que li, A Torre Negra vol. 1, do Stephen King, estava impregnado de trechos bíblicos. E olha que o estilo é ficção-terror. E olha que ele se baseou em O Senhor dos Anéis. Mas é só um entre milhares de exemplos.

O que faz uma obra ser considerada como influenciadora na Literatura? O número de leitores? O incentivo à pessoa começar a ler? A quantidade de escritores que fazem referência a ela? O quanto ela mudou pessoas, épocas, regiões? Bem, neste quesito, ela é muito Literária.

Dizer que a Bíblia é o livro de UMA religião é um ponto de vista muito preconceituoso, seria o mesmo que dizer que Os Lusíadas pertence só a Portugal. Pertence, mas não é exclusivo. Nem deve ser.

Espero aqui deixar somente essa ressalva de que a Bíblia foi, é e será uma obra de grande influência literária e não abrir algum debate religioso. E se alguém discordar que ela o seja, peço para que a leia mais atentamente.

Abraços.

Concordo com o comentário. Tal como ambos dissemos a Biblia é "feita" de muitas coisas. E também influenciou muitos. Tolkien foi bastante influenciado pelo Génesis e outras partes da Biblia, por exemplo. Por isso mesmo coloquei-a como opção.

E acho que ninguém disse que a Biblia era apenas de uma religião. Antes pelo contrário. Sendo um ponto literário e histórico como é, não podia ser outra coisa. Eu, confesso, ainda não li a Biblia, do início ao fim, mas pretendo faze-lo nas férias, lendo, também, o Alcorão e a Torá, pelo menos. As características da religiões, e as suas formas de ver o mundo, fascinam-me.

Bem, acho que não é caso para abrir aqui um debate religioso, no entanto acho que todos somos livre de interpretar a Biblia como quisermos. Não se passa o mesmo com as restantes obras literárias? Cada um olha para um livro como quiser, felizmente somos livres para isso.

Até Breve!

Se você for ler a Bíblia já estará lendo a Torá, pois esta última encontra-se dentro da primeira.

Sim, a Tóra em si são os primeiros livros da Bíblia mas referia-me a outros textos do Judaismo que são por vezes também assim designados, pelo que sei, como se se tratasse dum todo.
Fábio J. a 5 de Abril de 2007 às 19:35

Trabalho numa editora denominada Marca da Promessa que acaba de publicar um livro maravilhoso, chama do História da Bíblia de autoria do escritor isaque de Borba Corrêa. O livro conta toda a história da Bíblia desde a fase da pedra, passando pela fase do barro, da madeira, dos metais, do papiro, pergaminho, velino, até chegar na Bíblia eletrônica.
Para quem gosta da História da Bíblia, História de Israel, é um prato cheio. Fiquei sabendo nesse livro que os livros de pentateuco são os livros históricos, os livros sagrados daqueles tempos era o Livro do pacto, da Aliança e o Livro das Leis de Moisés. Descobri que Moisés não recebeu só os dez mandamentos mas também o livro da lei e os estatutos e não foi no Monte Sinai foi no Monte Horebe.
Gostaria que desse uma olhadinha na sinopse do livro

http://www.marcadapromessa.org/index.php?pagina=loja&action=exibir&id=34

obrigado
Alex Pinto ramos a 28 de Maio de 2009 às 20:05

valeu
Alex Pinto ramos a 16 de Junho de 2009 às 18:04

Um blog sobre livros e afins. A descongelar lentamente...
Contacto
Contacto

As mensagens poderão não ser lidas por extensos períodos. Pedidos de divulgação e/ou colaboração poderão não obter resposta.
pesquisar
 
A ler...
Tales of Earthsea

Romeo and Juliet

comentários recentes
<a href='http://www.cricinfobuzzlive.com/live-c...
E Jack london?Eça de Queiros.....
Também adorei!:http://numadeletra.com/a-mancha-hum...
Quando será lançado o quarto livro em português do...
Estou agora a ler esse livro e este seu texto deu-...
arquivos
2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


Leitores Online
online


O autor deste blog não respeita o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa