Junho 17 2007
Gostava de poder começar este post com um grande “estou de férias!”, mas por enquanto esta frase terá de continuar pequena já que não estou ainda livre dos “encargos académicos”. Já faltou mais...
Já não escrevia desde sexta, e também desde sexta não lia um novo livro. Mas finalmente, no início do fim-de-semana, pude começar com A Praia mais Longínqua, o terceiro volume do soberbo Ciclo de Terramar de Ursula K. Le Guin. Os adjectivos para classificar a obra têm de ser bem escolhidos, tal como o são cada palavra que a fantástica Le Guin emprega nas profundas histórias.
Escreveria todo um post sobre a nova tarefa de Gued, desta vez acompanhado por Arren, mas ainda é cedo... Mas acreditem que estou apaixonado pela história.
Descobri hoje o site duma série literária lançada este ano em Portugal. CHERUB é o seu nome e é da autoria de Robert Muchamore, um ex-detective inglês que decidiu fazer da escrita um modo de vida. A série conta com dois livros publicados em português (o terceiro disponível a partir do dia 21), mas são já sete os na língua original, sendo que mais seis estão já planeados até 2010!
A Porto Editora não poupou na publicidade e acredito que a maioria de vós já tinha ouvido falar de O Recruta, O Traficante ou Segurança Máxima, respectivamente o 1º, 2º e 3º livros da série. A verdade é que um pouco por todo o mundo existem fás dedicados e a venda de camisolas oficiais (relacionadas com o ambiente da história) é um sucesso.
Para contextualizar, podemos afirmar que a CHERUB “é uma agência que pertence aos Serviços Secretos Britânicos. Os seus agentes têm entre dez e dezassete anos. Todos os querubins são órfãos recrutados de lares de acolhimento e treinados para trabalharem como agentes secretos. Vivem no campus da CHERUB, cujas instalações secretas se localizam num lugar escondido, algures numa região rural de Inglaterra.” Estas crianças são agentes profissionais, treinados para escapar ao radar dos adultos. Afinal, a “inocência” das crianças pode ser o melhor disfarce.
Digam o que quiserem, mas o enredo é interessantíssimo. Quem nunca desejou ser agente secreto? Eu já! Quando era pequeno passava muito tempo a fantasiar com isto... por isso mesmo a história diz-me muito.
Nestas histórias acompanhamos James Adams, um jovem com QI de 153 e brilhante a matemática que entra para a CHERUB. No primeiro livro é-nos narrada, tanto quanto sei, os cem dias de recruta da personagem, e pelo que li no primeiro capítulo não parece ter sido algo fácil. Os volumes seguintes centram-se em missões especiais com a mesma personagem.
As críticas internacionais dificilmente podiam ser melhores e ao que parece a frase Para efeitos oficiais, estas crianças não existem é já um conceito adorado por vários adolescentes.
Original e surpreendente, esta história promete continuar a fazer milhares de crianças e adolescentes sonhar com uma vida de acção e risco, na qual a luta contra terroristas e traficantes é contínua. Aqui as crianças são mais do que meninos e meninas: são espiões profissionais.
Quem já leu diga de sua justiça, quem ainda não o fez pode visitar o site português ou, para uma consulta mais pormenorizada, o CHERUB campus, em inglês.
Para aqueles que terão uma semana atarefada, com os exames, muito boa sorte! Afinal a nossa vida não é ficção e nós não somos espiões, logo há que concentrar nestas (importantes) coisas.

Logótipo da CHERUB (numa alusão aos cherubs - querubins (anjos))

Boa sorte e Boas semana!
Publicado por Fábio J. às 22:35

ola
pois ja somos dois. ja á muito tempo que nao escrevia aqui. tive que andar a ler os outros posts.
ora bem de leituras ja esta melhor. na outra sexta acabei o ultimo teste que foi de matematica. nesse mesmo dia a minha mae deume os livros. acabei o anders II. depois ja li as brumas de avalon I e II e o III ja vai a mais de meio. a seguir ja tenho andeers III que tambem ja comecei a ler. para alem disso ainda ha o filho das sombras da triologia de sevenwaters.
á certas pessoas que comparam as brumas de avalon com a triologia de sevenwater mas prefiro as brumas de avalon. que achas??m muito ocupada nao?? ;) :)
ARYA a 20 de Junho de 2007 às 19:35

Olá... andaste desaparecida, como todos nós, aliás.
Um tive hoje o meu "último" teste. Amanhã ainda tenho uma "coisinha" mas também acaba e entro oficialmente de férias. Até vou saltar quando sair da escola.
Isso é que foi ler! E só qualidade!
Como te invejo pela Brumas de Avalon. Também irei ler Anders 3 daqui a algum tempo, pois já o tenho em casa. E pretendo ler os outros livros que referiste, mas irá demorar...
Já tinha lido alguma coisa sobre relacionarem as duas autoras, mas parece-me que as histórias em questão são bastante diferentes... mas tu saberás melhor.

Até Breve e Boas Leituras!!!
Fábio J. a 20 de Junho de 2007 às 23:20

Em primeiro lugar, desculpa mas não deu mesmo para comentar esta semana, deves entender..!
Mas finalmente, cá estou eu, livre (:D) para poder comentar, postar, e fazer tudo o que não pude nos últimos meses!!
Bem, quanto o Ciclo de Terramar, acho que só ainda li aqui críticas construtivas! O que é óptimo!
Quanto ao CHERUB, deconhecia..! Ao início começei assim a pensar: hum, uma história de detectives, britânica, já há tantos..! Mas quando referiste as crianças e os acontecimentos..! bem, muda tudo! Eu também sonhava ser espia! (lol, além das barbies gostava de andar de um lado para o outro a fazer de conta que tinha walky-talkies, a esconder-me, etc. Até inventámos um jogo - no 6º ano - que consistia em andar ao redor de uma casa a fingir que atirávamos e que matávamos uns aos outros..enfim, só um aparte) Não és com certeza o único! ;)
O logótipo está muito giro- ainda para mais eu associo-o à mitologia greco-romana!:)
Vou ver o que tem o site oficial, de seguida.

Bom fim-de-aulas, entao!
Agora é que vai andar toda a gente bem disposta! hehe
Ah, e obrigada, mesmo, pela boa sorte! Já acabou..Por enquanto!
cricri a 21 de Junho de 2007 às 16:31

Não tens de pedir desculpa, é lógico que compreendo. É a nossa vida, não é verdade?
Acredita que o Ciclo de Terramar é mesmo uma série interessante. Só tenho coisas boas a dizer... É impressionante como a autora consegue transformar uma viagem de barco, com duas pessoas, numa verdadeira demanda global, onde se explora as mais profundas convicções humanas. Incrivel! Coloco Gued ao mesmo nível que Harry Potter ou Frodo, é uma personagem ímpar.

Eu também costumava brincar a isso quando era pequeno. A minha irmã nem gostava muito, pois levava aquilo muito a sério e tinha sempre de haver mortos e explosões... enfim, era um verdadeiro terrorista! E adoro investigar coisas... Lembro-me quando "matávamos" um dos bonecos da minha irmã e depois tinhamos de descobrir quem foi o assassino (outro boneco). Bons tempos...
Por isso esta história parece-me bastante interessante.

Ainda bem que acabou, mas haverá mais...

Bem, tenho de me começat a procurar o Ciclo de Terramar..! Principalmente se colocas essa personagem ao lado de protagonistas tão fortes!! :)

Bem, adorei essa da investigação do boneco! Descobrir outro boneco assassino? lol Pobre da tua irmã! Eu era mais de perseguir pessoas e fingir, com as minhas amigas que nos matávamos - fingindo uma arma com os dedos enquanto andávamos à volta de uma casa tentando esconder-nos.
Mas aqui ha uns 5 anitos iniciei umas invetsigações com amigas relacionadas com passagens secretas no castelo e zona antiga da cidade. Estava a ser interessantíssimo, mas depois deixámos isso de lado.
Bons tempos, sem dúvida!
Talvez ler esses livros nos faça reviver um pouco isso!
cricri a 22 de Junho de 2007 às 00:29

Acho os livros da cherub espectaculares.
No inicio quando começei a ler pensei que me fosse desiludir mas afinal foi ao contrario e li o livro num dia e depois tive de ir logo komprar os outros dois k ja tinham ssaido.....axo excelente o trabalho de querubins
Tiago a 3 de Setembro de 2007 às 14:16

A mim parece-me uma história muito bem pensada e apelativa. Mas apenas li o primeiro capítulo.

Ainda bem que a história agradou. Não está nos meus planos lê-la brevemente, mas gostava de o fazer, já que a história despertou-me o interesse.

Obrigado pela visita. Até Breve e Boas Leituras!!!
Fábio J. a 3 de Setembro de 2007 às 18:36

Eu já li os três livros.
São excelentes os 3. Espero pelo 4 o mais rapido possivel.
São mesmo alucinantes, levamos a outro mundo, o que realmente expledido :D*
Vale a pena, acreditem.
kiki a 26 de Março de 2008 às 17:28

Acabei de saber que o quarto livro será publicado a 10 de Abril. Certamente esta é uma boa notícia para os fãs.
Com o crescente número de leitores, esta série ganha cada vez a minha admiração e curiosidade.

Bem, não está nos meus planos para os próximos tempos, mas nunca se sabe.

Até Breve!
Fábio J. a 26 de Março de 2008 às 23:06

Quando será lançado o quarto livro em português do Brasil?
Franco Porchat a 30 de Julho de 2015 às 04:18

Um blog sobre livros e afins. A descongelar lentamente...
Contacto
Contacto

As mensagens poderão não ser lidas por extensos períodos. Pedidos de divulgação e/ou colaboração poderão não obter resposta.
pesquisar
 
A ler...
Tales of Earthsea

Romeo and Juliet

comentários recentes
<a href='http://www.cricinfobuzzlive.com/live-c...
E Jack london?Eça de Queiros.....
Também adorei!:http://numadeletra.com/a-mancha-hum...
Quando será lançado o quarto livro em português do...
Estou agora a ler esse livro e este seu texto deu-...
arquivos
2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


Leitores Online
online


O autor deste blog não respeita o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa