Novembro 25 2007
Escrevi que talvez publicasse e afinal publico mesmo.
Já não é novidade para ninguém que a relação comercial entre livros e filmes ressalta à vista. Exemplos como a saga Harry Potter ou a trilogia O Senhor dos Anéis são o suficiente para mostrar como a popularidade dum livro pode fazer um filme render, e como um filme de sucesso leva as pessoas a ler o livro.
O conceito não é novo. Desde sempre se fizeram adaptações cinematográficas de histórias literárias. Recentemente tem-se também verificado o contrário, ou seja, ver o guião dum filme adaptado à narrativa. Tudo corre bem; e desde que feitas com qualidade, estas adaptações são totalmente legítimas... desde que não se aproveitem delas duma forma abusadora, prejudicando quem paga para lhes ter acesso.
Como certamente é do conhecimento de muitos visitantes do blog, estreará em Portugal, no próximo dia 6 de Dezembro, a adaptação cinematográfica do primeiro livro da trilogia Mundos Paralelos de Philip Pullman, Os Reinos do Norte. Na verdade, o filme intitula-se A Bússola Dourada, numa alternativa ao título do livro em português.
Há muito que este livro, assim com a trilogia, têm sido referidas aqui no blog, principalmente em comentários, nos quais me recomendam as obras. O anúncio desta adaptação bastou para me convencer a lê-as. Queria até faze-lo antes da estreia do filme, e à medida que a data se ia aproximando temia que se fizesse o que já tem vindo a ser habito, pelo menos em Portugal: alterar a capa do livro, colocando-lhe imagens do filme.
Pois bem, aconteceu antes de ter tido oportunidade de o comprar e não só ao primeiro livro, mas também aos restantes. É então que começa o problema: a um mês da estreia a editora reedita a trilogia. Não satisfeita por colocar uma imagem do filme no primeiro livro, a Editorial Presença decidiu colocara-la também nos outros dois, usando tonalidades diferentes da mesma. Demonstrando ainda uma total ânsia pelas vendas, remeteu o título do primeiro livro para segundo plano, colocando em destaque o título do filme. E agora, o que realmente me choca: aumentaram o preço de todos os três livros, 5.53€ no 1º e 3º, 3.53€ no 2º. Se isto não é abusar dos leitores, não sei o que é.
Compreendo o lado da editora, que pretende valorizar ao máximo o lançamento do filme, que acaba por promover o livro, mas mesmo assim não vejo justificação para tais actos. Acho realmente triste mudarem as capas, mais deplorável ainda mudarem o título e sem dúvida um exagero aumentarem o preço desta forma. O mais importante é sem dúvida o conteúdo, mas pelos vistos a própria editora não pensa assim.
Pretendia ler toda a trilogia. Neste momento, sei que não o farei nos próximos tempos, tanto pelos preços como pelas capas. Sinceramente, e pelos menos no meu caso, trata-se duma péssima opção feita pela Editorial Presença!

 Antiga capa do livro Os Reinos do Norte, a 12,47€

Capa actual do livro Os Reinos do Norte, a 18€

Sem dúvida uma boa maneira de me convencer a não ler o livro.

Publicado por Fábio J. às 22:58

Vejo que não sou o único a achar esta jogada da editora algo de péssimo gosto, por muito eficaz que seja. Ainda só li o 1º volume, recentemente (antes de ler "O Círculo do Medo"), mas segundo percebi esta imagem não faz muito sentido nos próximos dois volumes! E já agora fica a pergunta... quando os próximos filmes estrearem também vão reeditar a trilogia com uma imagem de cada filme?
SkyStorm a 25 de Novembro de 2007 às 23:13

Eu fiquei bastante desiludido... Percebo a intenção mas acho que a ideia foi muito mal conseguida. E eu que estava (e estou) interessado em ler a história.
Realmente se acho mau colocarem a montagem do filme neste primeiro livro acho estúpido terem-no feito nos outros dois. E se queres uma resposta, sim, acredito bastante que reeditem os livros quando estrearem os próximos filmes. Depois disto já espero tudo!
Fábio J. a 29 de Novembro de 2007 às 22:31

Felizmente, comprei as edições anteriores, mais ou menos a meio do ano, li e gostei. Queria acrescentar que o primeiro livro da trilogia tem 2 nomes diferentes: "Northern Lights" no Reino Unido e "The Golden Compass" nos EUA. A alteração do título na nova edição pretende claramente colar-se ao título do filme.
Bom, mas em relação ao lançamento de novas edições pela Presença, este é compreensível. Agora, também não concordo com o aumento do preço, porque é uma clara tentativa de aproveitamento.
Posso apenas aconselhar-te a procurar as edições anteriores... ainda na semana passada, vi-as na FNAC do Chiado. Pode ser que tenhas sorte ;)
canochinha a 26 de Novembro de 2007 às 10:13

Tenho pena que as coisas tenham evoluído desta forma... :/ É uma excelente trilogia e tem muita qualidade. Eu li sem ter qualquer conhecimento da adaptação cinematográfica... Foi o acaso que trouxe o livro até mim. Muitos outros livros que já li tiveram o "empurrão" do fenómeno de vendas ou da adaptação cinematográfica, o que me suscita curiosidade na área de leitura que mais aprecio. A maior parte gostei muito de ler (só um é que não e foi o pior livro de sempre)... É uma sensação estranha e de revolta quando se tem consciência que se vive num mundo verdadeiramente consumista.
Pink Robot a 29 de Novembro de 2007 às 19:51

Eu confesso que a adaptação cinematográfica serviu, de certa forma, de "empurrão" para eu me decidir a lê-la. Mas agora acho que nem isso me vai convencer a fê-lo agora, pelos menos para já, o que lamento.
Por vezes acho esta relação entre livros e filmes algo bom, já em alguns casos... Mas pronto, não há nada como indo experimentando pois, como disseste, os livros podem ser de qualidade.
Realmente, depois de situações como estas pergunto-me se existe muita diferença entre ir a um talho ou a uma livraria... Mas bem, consumistas somos todos.
Fábio J. a 30 de Novembro de 2007 às 23:44

Sorte a tua!
Já me havia apercebido dos diferentes títulos entre a versão inglesa e a americana, mas mesmo assim não encontro justificação. Se escolherem Reinos do Norte há que manter Reinos do Norte até ao fim! É marketing, mas nem me parece muito bom.
Também já havia pensado em comprar nestes dias, de forma a ainda comprar as antigas versões, mas de qualquer forma os preços já são os novos, portanto... continuo a querer ler a trilogia, preciso é de saber quando e em qual versão.
Obrigado pelo conselho.

Até Breve!
Fábio J. a 29 de Novembro de 2007 às 22:40

Pois, também andei a história dos nomes e não percebi porque é que os americanos mudaram o nome do livro quando o publicaram lá... A tradução do título do filme em português seguiu o nome americano que é o original do filme. Mas sim, também acho que deveriam ter colocado "Reinos do Norte" como nome do filme em Portugal, até mesmo por questões de marketing. Conheço algumas pessoas que tinham ouvido falar do nome do filme e não o associaram ao livro, que já tinham lido (ainda não tinham visto imagens do filme, é um facto).
SkyStorm a 30 de Novembro de 2007 às 00:26

Boa, aqui vem o senhor que vai ser do contra! xD

Eu, de facto, fiquei algo estupefacto com a mudança, mas satisfeito. Foi com esta mudança que me fez comprar o livro. Comprei "Os Reinos do Norte" hoje, já com a nova capa e o novo preço (essa é que é a parte má). No entanto, eu prefiro estas capas às anteriores. E podem não saber, mas esta é a terceira mudança de capa desta trilogia. É verdade, não estou a brincar. As 2 primeiras edições (pelo menos, do 1º livro) foram publicadas na colecção Estrela do Mar com uma capa MUITO infantil. Pronto, é verdade que poderiam ter usado imagens diferentes do 1º filme para as capas dos outros 2 livros. Podiam ter feito como a Gailivro fez com Eragon, que reeditou o livro com a mesma capa de sempre, mas tinha uma daquelas "capas" que dá para retirar que continha o póster do filme.

Bem, o que é certo é que já está feito e ninguém pode mudar isso. Eu gosto das capas, mas obviamente, respeito as opiniões contrárias.

By the way, Excelente blog (já o visito há tanto tempo e nunca o disse)!

P.S.: Qualquer dia vais fazer uma "review" do meu livro. LOL Qualquer dia...
Miguel a 30 de Novembro de 2007 às 18:15

Opiniões são sempre bem-vindas e eu até gosto de argumentar!

Já sabia que esta era, no fundo, uma terceira reedição com mudança, por causa da mudança de colecção, mas como achei que isso não acrescentava muito ao caso não a referi. Até porque até achei a mudança de colecção uma opção positiva.
Agora as capas? O que foi feito não tem qualquer lógica, a meu ver. Eu gostava mais das antigas, até porque eram muito mais originais, mas só o facto de serem as três iguais, pois são-no, e por serem literalmente baseadas no filme deixa-me boquiaberto. Pura e simplesmente acho que não tem lógica e foi de muito mais gosto. E o preço, bem, neste acho que estamos todos de acordo: querem aumentar, tudo bem, mas não exageraram? Não é demasiado oportunismo?
Acho a tua ideia muito boa. A minha edição do 1º e 2º livros do Senhor dos Anéis, por exemplo, traz uma dessas "capas" com imagens desenhadas por Alan Lee, baseadas (e não copiadas) dos filmes. Sem dúvida uma optima opção, agora o que fizeram... Enfim.

Muito obrigado pela tua opinião.
E já agora, boas leituras desta nova trilogia.

P. S.: Quem sabe um dia. Se o escreveres terei todo o gosto em lê-lo e comentá-lo.

Até Breve!
Fábio J. a 30 de Novembro de 2007 às 23:56

Bom, acabei de vir da FNAC (com "A Coroa de Sangue" da Madalena Santos na mão) e vi uma coisa curiosa lá. A Presença limitou-se a seguir o exemplo da editora original (julgo que seja, visto estarem em inglês e o primeiro ter o título "Northern Lights - fimed as The Golden Compass").
SkyStorm a 30 de Novembro de 2007 às 22:46

Bem, é que nem nas coisas "mal feitas" são originais... Pronto, está visto de onde veio esta excelente ideia.
Mas, já agora, a editora original também alterou as capas e colocou a mesma imagem nas três?

Obrigado pela informação. Gostei!
Fábio J. a 30 de Novembro de 2007 às 23:59

Sim, colocou. Com as mesmas alterações à cor do fundo e tudo. Leva-me a pensar que pode ter sido uma imposição do contracto que eles têm com a editora original. Sei que eles têm estas clausulas estranhas. Sei de um caso em que uma editora foi obrigada a lançar o livro numa data não favorável (Agosto, muita gente de férias e fora do país) precisamente por causa do contracto. Enfim, são estes pormenores que estragam por vezes o mercado literário.
SkyStorm a 1 de Dezembro de 2007 às 14:44

Bem, se assim é, talvez algumas das minhas afirmações tenham sido um pouco precipitadas, mas continuo a achar a opção muito má, seja lá quem for o autor.
Mas duvido que tenha sido uma obrigatoriedade do contrato. As antigas capas, tanto ou quanto sei, não eram iguais, e acho pouco provável que o tivessem de ser nesta situação.
Acredito mais que a Presença tenha optado por imitar a editora inglesa.
Mas sim, existe essa possibilidade. Afinal essas estranhas exigências das editoras não são novidade, mas nisso tens mais experiência do que eu... ;)
Fábio J. a 4 de Dezembro de 2007 às 12:20

Li os dois primeiros volumes da trilogia e não os achei particularmente brilhantes. Como filme - que ainda não vi - pode ser que resulte, mas honestamente, a literatura está longe de ser de elevada qualidade.
Interessante blog, voltarei mais vezes.
Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes
Filipe de Arede Nunes a 14 de Dezembro de 2007 às 12:18

Até agora, a maioria da opiniões que havia recebido sobre a trilogia é bastante positivas, daí achar esta opinião muito significante.

Pelo que li sobre o filme, parece que este peca pela falta de originalidade. Também ainda não o vi, mas no fundo acredito, tal é a oferta deste género de filmes nos nossos dias.
Mesmo assim pretendo ler a trilogia logo que a editora se lembre de baixar os preços.

Um Abraço!
Fábio J. a 14 de Dezembro de 2007 às 22:52

Ninguém reparou que não se trata de uma reedição mas antes de um reencapamento? Não é normal, nem barato, mas a Presença está a especializar-se na coisa. Cf data de edição na ficha do livro, e a dupla cola na lombada. A editora arrancou as capas anteriores, colou as novas capas e reaparou os lados. E actualizou o preço para poder comportar as margens cada vez mais altas exigidas pelas cadeias. Quanto à capa ser a mesma da editora inglesa, nã o é imposição contratual, é mero aproveitamento comercial da boleia do filme, além de ser uma capa mais apelativa E ainda por cima GRÁTIS.
Livreiro a 17 de Dezembro de 2007 às 01:34

Já tinha pensado nessa possibilidade, já que a edição com a primeira capa não foi há muito tempo e seria um pouco estranho haver umas capas no mercado.
Se foi como está relatado no seu comentário, então um grande aproveitamento comercial... Continuo a não concordar, mas eles lá sabem, se levar mais gente a ler; o que não se passará comigo.
Fábio J. a 18 de Dezembro de 2007 às 23:19

https://www.livrosnet.com/?op=artigo&pid=&lid=4f9ef38edcfc460a00cbb8ed5dee299c

Ainda tem a edição antiga e o preço antigo ^^
Já encomendei o meu!
Comentador.Suspeito a 26 de Dezembro de 2007 às 17:56

Era o que andava à procura, mas o problema é que só lá está o primeiro exemplar...
Se tivesse os três, talvez comprasse, mas assim corro ainda o risco de ficar com o primeiro volume com a capa antiga e as restantes com capa nova. Seria estranho.

De qualquer forma, muito obrigado pela aviso. E desde já boa leituras, pois muito mais do que a capa, é a qualidade que interessa!
Fábio J. a 29 de Dezembro de 2007 às 22:29

Eu não conhecia a triologia Mundos Paralelos e foi por ouvir falar do filme que decidi ler... Pois digo que adorei a saga! Surpreendeu-me imenso pois não estava à espera de voltar a encontrar outra saga (excluindo o 1ºlivro) que eu possa colocar ao nivel do Harry Potter e da Saga das Pedra Mágicas... O primeiro livro "Os Reinos do Norte" talvez seja um pouco infantil... mas a triologia transforma-se nos 2º e 3º livros...

Lamento que deixes de ler apenas por causa do aumento de preço... pois penso que a saga vale a pena... (esta, é claro, é a minha opinião)

sora a 12 de Novembro de 2008 às 15:47

Eu gostaria muito de ler este trilogia, e espero lê-la dentro de algum tempo, quando os preços baixarem. E não deixo de comprar os livros apenas pelo preço mas sim pelo abuso da editora. Eu considero a atitude da editora um desrespeito e um roubo aos leitores. Não comprar os livros é a minha maneira de manifestar a minha opinião.
Mas sei que vale a pena ler os livros, e lê-los-ei.

É esperar para ver e, depois de ler, comentar os livros.

Até Breve!
Fábio J. a 12 de Novembro de 2008 às 21:45

Um blog sobre livros e afins. A descongelar lentamente...
Contacto
Contacto

As mensagens poderão não ser lidas por extensos períodos. Pedidos de divulgação e/ou colaboração poderão não obter resposta.
pesquisar
 
A ler...
Tales of Earthsea

Romeo and Juliet

comentários recentes
<a href='http://www.cricinfobuzzlive.com/live-c...
E Jack london?Eça de Queiros.....
Também adorei!:http://numadeletra.com/a-mancha-hum...
Quando será lançado o quarto livro em português do...
Estou agora a ler esse livro e este seu texto deu-...
arquivos
2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


Leitores Online
online


O autor deste blog não respeita o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa