Janeiro 20 2008
Não tenho tido possibilidade de actualizar o blog, como bem se vê. Mas o universo dos livros não pára e são muitas as novidades que agora poderia comentar.
Para além dos prémios e distinções que vêm sido atribuídas desde o final do passado ano, das quais destaco os múltiplos prémios arrecadados pelo poeta Amadeu Baptista, salientando-se o recente Prémio Internacional de Poesia Palavra Ibérica, houve novidades, como o título do terceiro livro do Ciclo da Herança, Brisingr, e alguns lançamentos interessantes.
Mas neste post pretendo divulgar uma obra há já algum tempo lançada. Trata-se de Avatar – Destino do Universo, de Frederico Duarte, um jovem que se inicia agora no mundo dos livros, tornando-se numa nova referência da Fantasia nacional.
Sendo o primeiro livro publicado do autor e editado pela Metaphora, uma chancela da Nova Gaia, editora que iniciou a publicação deste género de obras com a série Anders, já aqui comentada, Avatar – Destino do Universo pretende ser o início duma nova série de fantasia nacional. E, para isso, o autor recorre à eterna luta do bem contra o mal, construindo um universo no qual criaturas fabulosas, espécies híbridas e seres humanos se enfrentam, procurando o domínio supremo.
Baseando-me na sinopse, a obra apresenta-nos um “lugar onde vida e morte se fundem; onde a Terra deixou raízes e granjeou sementes; onde a magia dita a realidade; onde a matéria se prolonga no plano espiritual; onde o equilíbrio nasce da instabilidade dos quatro elementos da Natureza”. E é neste contexto que surge o herói, uma jovem universitária de Lisboa, Alexis, do qual depende um mundo “onde magia e criaturas míticas imperam e onde uma grande ameaça reina”.
Assim começa esta saga, empenhada em levar-nos até ao seu maravilhoso mundo, na companhia da heroína e de muitas criaturas fantásticas, presas pelo destino ao conflito daquele universo paralelo.
O livro não se encontra catalogado em várias livrarias virtuais, mas é possível comprá-lo directamente no site da editora e descobrir mas sobre ele no blog oficial, editado pelo autor, que assina como Skystorm, visitante regular aqui d’Os Livros.
À primeira vista confesso que este me pareceu apenas mais um entre tantos livros de fantasia que são editados, mas acabei por me convencer e hoje deposito muitas expectativas nesta obra, que acredito ser bem escrita e fruto duma grande criatividade. Por isso mesmo, já está na minha lista.

Avatar - Destino do Universo de Frederico Duarte
Boa semana. Boas Leituras.
Publicado por Fábio J. às 23:16

Eia! Bem que reparei no aumento de visitantes ao blog!
Antes de mais, obrigado pela divulgação! Espero que quando o leres vá de encontro às tuas expectativas. E vou querer uma critica tua depois!
Infelizmente não é só nas livrarias virtuais que ele é difícil de encontrar, como já te disse. Apesar de ser um livro de fantasia na grande maioria das livrarias está exposto na secção infantil/juvenil, visto ter sido catalogado como literatura juvenil. Não concordo totalmente com isso, mas já me dou por feliz por se encontrar lá eheh
Boas leituras!
SkyStorm a 21 de Janeiro de 2008 às 03:19

Não tens nada a agradecer. Acho que fiz uma boa recomendação, e isso é que importa.
E assim que que tiver a oportunidade de o ler (principalmente se me cruzar com ele em algum lugar) comentá-lo-ei.
Isso de misturar Literatura juvenil com literatura infantil, ou até considerar toda a literatura fantástica como juvenil/infantil, é algo habitual em Portugal. Até por, em muitos espaços, a separação pura e simplesmente não existe. Não sei se é por ignorância, por menosprezarem o género ou por acidente, mas a verdade é que o fazem.
Seja como for, muito sucesso!!!

Boas escritas!
Fábio J. a 21 de Janeiro de 2008 às 23:46

comprei o livro porque tava numa das zonas mais importantes da fnac, ainda hesitei pk alguns livros nao valem nada, mas comprei-o vou quase no fim mas permanece-me um duvida (este livro tem continuaçaonao tem???
é bom de mais pra nao ter- gosto bue de ler e comparo-o com livros como eragon eldest e harry potter´s
O duvida a 22 de Janeiro de 2008 às 15:54

Se depender de mim, vai ter! Eu pelo menos estou de volta dela neste momento. Obrigado pelas palvras, O duvida!
SkyStorm a 22 de Janeiro de 2008 às 16:41

Olá, Crítico!!!
Vc valoriza bastante a sua literatura nacional, né?! Gosto disso... Temos que valorizar o que é nosso... Lógico, sem discriminar a dos outros. Valorizo bastante tb a minha literatura, ou seja a brasileira!
Mas, vc sabe que tb estudamos uma boa parte da literatura portuguesa no Brasil... Pois é, faz parte do nosso currículo escolar!
Mudando de assunto radicalmente e aproveitando a notícia sobre o "Brisingr". Não sei se já comentaram sobre isso, porque é meio antigo, porém preciso desabafar: Nossa acabaram com o livro Eragon no filme, vc já o assistiu? Nossa, arrependi-me...
Espero que na próxima adaptação para o cinema, que será a de Eldest, eles melhorem um pouco... Se necessário, que o autor intervenha, senão eles estragarão com a série!!! kkkkkk
Exagerei, mas até ai!
Até a próxima!!!
Ronni a 22 de Janeiro de 2008 às 12:58

Eu pessoalmente ainda não vi o filme (ou li o livro, verdade seja dita). A minha esposa viu e gostou, mas também não leu o livro ainda. Mas é da opinião de toda a gente que conheço e viu e leu ambos... que o filme está horrivel.
Parece moda fazer más adaptações... vejam a "Bússola Dourada" (não me canso de falar mal do filme...)
SkyStorm a 22 de Janeiro de 2008 às 13:44

Olá!

Para ser sincero, acho que não valorizo assim tanto, ou pelo menos não dou tanto relevo à literatura nacional como poderia dar. Mas acho importante destacar o que se publica no meu país. Geralmente é um literatura mais profunda e simultaneamente mais próxima, que geralmente me dá prazer a ler, desde que bem escrita.
Sim, tenho noção que no Brasil se estudam alguns grandes escritores portugueses, só não sei até que ponto... Cá, pouco se refere a literatura brasileira. Consigo recordar-me de dois ou três escritores africanos que analisei na escola, agora brasileiros...

Quanto ao Eragon: a ideia que tenho é que, quem leu o livro achou o filme algo de meter dó, mas quem não leu até lhe achou alguma graça. Em quê que ficamos? Se tivermos em atenção que de lado nenhum chegaram verdadeiros elogios à adaptação e que pouco se fala numa possível sequela, acho que o melhor era nem terem lançado o filme. A meu ver, a série, no que toca ao cinema, já está estragada. Mas é só a minha opinião.

Até Breve!
Fábio J. a 25 de Janeiro de 2008 às 23:16

sinceramente tenho serias duvidas sobre este livro. Para já, o avatar é aquele que, segundo a tradição budista i hindu, se liberta do ciclo da reencarnação. Mas pelo que li no teu post, o livro mete ainda os quatro elementos, o que me traz à memoria, os desenhos animados que têm envadido a internet e entupido os motores de busca, sobre o tema, que falam de um rapazinho que reencarna constantemente e que tem o poder dos quatro elementos. Estou um pouco com o pe atras emrelação a este livro.
Quanto ao titulo do livro três, publiquei um post sobre ele no meu blog. Que achaste do titulo??

Boas Leituras
leitor a 22 de Janeiro de 2008 às 23:36

Mais tarde ou mais cedo esse tópico iria surgir. A meu ver, quanto mais cedo melhor. Sinceramente, ainda mais por causa dos ditos desenhos, pensei seriamente em mudar o titulo do livro. Mas cheguei à conclusão que não faria sentido essa mudança. O termo "avatar" é usado nesta história mais no sentido de um ser que representa algo superior, não exactamente o da reencarnação. Neste caso o avatar é um representante de toda a magia, não só a dos quatro elementos. Quero afastar desde já qualquer ideia de plágio, até porque sinceramente nunca vi um episódio dessa série até ao fim (não digo que não gosto, simplesmente não calhou). E abomino plágios.

Boas leituras!
SkyStorm a 23 de Janeiro de 2008 às 02:16

O teu post foi bastante informativo, até porque ainda não me tinha dado ao trabalho de pesquisar por "avatar" e ler o que apresenta a Wikipédia. Para além da tradição religiosa, não fazia a mínima ideia da existência desses desenhos animados. Devo andar mesmo mal informado.

Quanto ao livro três, já li o teu post. Não desgosto do livro. Embora se esperasse que apresenta-se determinado título e capa, a verdade é que com a criação dum quarto livro a teoria antes apontada ficou frágil. Gosto bastante da capa; dourado sobre negro. O nome parece-me demasiado alienado, mas serve. No fundo o que importa é o texto, mas para ele ainda falta muito.

Boas Leituras!!!
Fábio J. a 25 de Janeiro de 2008 às 23:34

Fiquei extremamente curiosa para ler esse livro! Como foi dito, no primeiro momento pensei que se tratasse do Anime Avatar (que, sinceramente, não me agrada!) Ainda bem que não tem ligação, já que o livro parece ser bom. Somente uma dúvida a quem puder responder: é aventura medieval? Quando falo em aventura medieval quero dizer personagens épicos, batalhas e guerras com espadas, buscas aparetemente impossíveis, destinos traçados, castelos, reis corrompidos, déspotas... Enfim, são as características que mais encontro em livros de aventura medieval! Enquanto isso, vou esperar, já que não tem a revisão e adaptação para o português do Brasil. Mas espero que logo venha! Fiquei realmente interessada.
Abraços e boas leituras!
Carolina a 27 de Janeiro de 2008 às 17:33

É uma aventura mais ou menos medieval, já que parte da acção (muito pouca neste primeiro livro) se passa na actualidade na Terra (é onde começa, não faço spoiling :P)
Mas grande parte do livro é num mundo essencialmente medieval, não por ser "atrasado", antes por ter evoluído de maneira diferente do nosso.
SkyStorm a 27 de Janeiro de 2008 às 21:48

Sinceramente ADOREI!! O livro está muito, bastante criatividade, muita emoção e por aí fora. Já está no top dos melhore livros que li, não achei tão bom como Eldest e Eragon, mas sem duvida que para mim passa Harry Potter. Umas das coisas que se deve melhorar são as descrições, especialmente nas batalhas, se tivesse mais descrições acho que quem já leu tinha "vivido" a história como maior intensidade. De resto não há muito a acrescentar, está muito bom mesmo. Estou ansioso pelo próximo espero que não demore a sair.
BrUtaL!!! a 31 de Janeiro de 2008 às 17:54

Bem, pelo visto há fã!
Melhor que HP, tantos elogios... tenho mesmo que ler!

Curiosamente, acho que muitos dos escritores portugueses de fantasia dedicam pouco tempo às descrições. Parece que têm medo que de criar algo maçudo, mas depois acabam por ser muito superficiais... Deve ser esse o problema: medo de chatear. Mas quem decide ler não se chateia!

Assim que possa, lê-lo-ei.
Fábio J. a 9 de Fevereiro de 2008 às 23:25

Criei um fórum chamado DESTINARE UNIVERSALIS dedicado principalmente à saga Destino do Universo, do Frederico Duarte, cujo primeiro livro já publicado se chama AVATAR!
Se já leram o livro e gostaram, ous e não leram e querem saber mais, e queres especular coisas acerca dos próximos livros da série... então inscreve-te já, pois o fórum conta também com a presença do autor!
Espero que te divirtas... no Destinare Universalis!
URL: http://z15.invisionfree.com/DestinareUniversalis/index.php?
Sapiens a 23 de Fevereiro de 2008 às 12:50

Ora aqui está uma boa notícia.
É muito bom saber que iniciativas como estas crescem em torno de uma nova obra nacional. Certamente terá o seu contributo na divulgação da série e do autor.

Muito boa sorte para esta novo projecto!!!
Fábio J. a 27 de Fevereiro de 2008 às 22:57

o k é um bordão????????????
DANIEL a 30 de Dezembro de 2008 às 15:32

Um bordão, usado muitas vezes na literatura fantástica pelos feiticeiros, é uma vara, um bastão, uma espécie de bengala grande. Olha, é o que usa, por exemplo, o Gandalf no Senhor dos Anéis.

Há ainda o bordão linguístico. Neste caso tratam-se de expressões que usamos muitas vezes inconscientemente na comunicação oral: "pá", "tipo", enfim, este tipo de expressões.
Acho que te referias ao primeiro bordão ;)
Fábio J. a 31 de Dezembro de 2008 às 14:29

Olha frederico tenho o teu livro do avatar e no dia 16 de novembro de 2009 vou o aprezentar a minha turma,
acho o livro excelente.
 
Andre a 10 de Outubro de 2009 às 11:39

Caro André, não sei se o Frederico Duarte viu este teu comentário. Para o contactares directamente podes aceder ao blog, que menciono no texto acima.

Seja como for, o teu comentário fez-me relembrar esta obra. E por acaso, no meio de outras obras nacionais do género nacional que têm sido publicadas, esta série desperta-me especial interesse. Não sei bem porquê...

Boa sorte para a tua apresentação. É bom ver que livro nacionais, e do fantástico, chegam às escolas, nem que seja por mão dos alunos. Eu já fiz o mesmo, e a experiência foi bastante positiva.

Boas Leituras!
Fábio J. a 15 de Outubro de 2009 às 20:23

Olá, André! É como O Crítico disse (obrigado por me teres chamado à atenção para este comentário), se gostaste da saga podes sempre vir visitar o blog e o fórum que foram criados.

Obrigado a ambos pelos comentários motivadores :)
SkyStorm a 16 de Outubro de 2009 às 12:20

Quero o terceiro oh nodoa !
Anónimo a 8 de Março de 2010 às 11:40

Caro sr. Fraderico gostaria imenso de saber quando tenciona lançar o terceiro livro porque das dezassete vezes que li os dois primeiros fico em pulgas para continuar a leitura acando frustrado quando me lembro q ainda não saiu.

Portante se o sr. tiver a amabilidade de por essa inteligência e imaginação fantasticas em funcionamento em prol da sociedade bibliófila portuguesa era de uma amabilidade fantastica.


Obrigado pelas aventuras que me fez viver até agora e continuamente há espera de mais


Atentamente Joel Marques

Ps.: Boa sorte com a sua escrita e que nos maravilhe vezes sem conta
joel a 22 de Junho de 2010 às 00:52

O autor, Frederico Duarte, certamente gostaria desta opinião. Crei, no entanto, que não a leu ainda.
Aconselho a visitar o blog http://destinodouniverso.blog.com/ ou o fórum http://www.destinodouniverso.pt.vu/

Posso, no entanto, dizer que ainda não há data de lançamento prevista para o terceiro livro, devido a uma possível mudança de editora. O quarto livro já está, entretanto, a ser escrito.

Espero ter ajudado...
Fábio J. a 14 de Julho de 2010 às 19:21

Um blog sobre livros e afins. A descongelar lentamente...
Contacto
Contacto

As mensagens poderão não ser lidas por extensos períodos. Pedidos de divulgação e/ou colaboração poderão não obter resposta.
pesquisar
 
A ler...
Tales of Earthsea

Romeo and Juliet

comentários recentes
<a href='http://www.cricinfobuzzlive.com/live-c...
E Jack london?Eça de Queiros.....
Também adorei!:http://numadeletra.com/a-mancha-hum...
Quando será lançado o quarto livro em português do...
Estou agora a ler esse livro e este seu texto deu-...
arquivos
2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


Leitores Online
online


O autor deste blog não respeita o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa