Março 21 2008
Começa hoje a estação dos poetas. Dos poetas e de todos os que sentem, vivem e experimentam, pois só quem sente vive e só quem vive experimenta a poesia.
Principia a Primavera, conceito irmão do renascimento e do amor, e talvez por isso a UNESCO tenha instituído, em 1999, este mesmo dia como o Dia Mundial da Poesia.
O ritmo das palavras convida à reflexão e leva à nostalgia, e por isso mesmo, neste dia, há que pegar num poema e bebê-lo, como quem experimenta a seiva de uma nova árvore.
Bebe-a...
Terra velha coberta de renovo...
Donde vem tanta seiva?
Cada ruga é uma leiva
Agasalhada.
O pânico despido
Foi vestido
Pela própria nudez inconformada.
 
 
Ventre da natureza, sem cansaço!
Que madraço
Poeta
O atraiçoa?
Génio amaldiçoado
Seja aquele que, feliz e repousado,
Fecha o leque das asas e não voa!
 Chão Verde, MIguel Torga
Boa Poesia...
Publicado por Fábio J. às 21:59
Tags:

Grande poema!
Não conhecia este.
Um abraço
Café com Natas a 21 de Março de 2008 às 22:40

Confesso que o poema resultou de uma busca feita dentre a Poesia cá de casa e achei este tão adequado e belo que não resisti a publicá-lo, em detrimento de outros já bastante conhecidos.

Há que aproveitar a Primavera e a Poesia...

Uma abraço!
Fábio J. a 23 de Março de 2008 às 23:20

http :/ escolhas_dificeis.blogs.sapo.pt /

Gostava que passasse por lá, e desse uma opinião de critico. xD
ruiva a 25 de Março de 2008 às 14:53

Também não conhecia este poema. A poesia não é o meu forte. Os únicos poemas que gosto são de "Os Lusíadas". Gosto muito da obra, pois trata-se de uma poesia épica, algo que se associa aos tempos medievais, época que gosto bastante. Adoro também a maneira como o sujeito poético enaltece os portugueses , chegando até a considerá-los como Deuses.

Espero comprar brevemente "A Guerra dos Tronos", uma vez que os elogios que tenho ouvido têm sido muitos, quer da tua parte, quer de outros "sites" que tenho visitado. A crítica que li no site da Editora do Livro é que me deixou mesmo ansioso o ler. Mas, antes, queria perguntar-te umas coisas que não compreendi muito bem. Disseste que cada capítulo trata a perspectiva de uma personagem diferente. quer dizer que quando se passa um capítulo, nunca mais poderemos ler sob a perspectiva da personagem do capítulo anterior? Ou volta depois passado vários capítulos? era esta a minha dúvida. é que estou com um pouco de receio desta nova forma de leitura, pois nunca li nada antes de tal modo. Pelo menos originalidade não lhe falta, é verdade.
pp a 25 de Março de 2008 às 17:00

Também gosto bastante d'"Os Lusíadas", embora não seja poesia própriamente dita. Mas devia de haver mais. Já não digo a enaltecer o povo português, que isso, nos dias que correm, só mesmo com muita lata. Contudo, novos temas com a mesma estrutura seria interessante... o difícil é faze-lo.

Desculpa não responder antes à tua questão. É mais ou menos como escreveste: cada capítulo foca-se numa personagem diferente, dando um exemplo: faz de conta, o primeiro livro tem uns 25 capítulos mas só existem 8 personagens nos quais a narrativa se foca. Vai variando, e ao longo do livro lês várias vezes a mesma personagem.
Isto acontece por várias razões: ou as personagens estão em lugares distantes entre si, ou são se "lados" opostos na guerra, ou simplesmente têm um grande papel na enredo.
Para além disso há uma sequência lógica entre os capítulo e nunca os acontecimentos são repetidos. Tens é consciência de tudo o que se está a passar na história. É fantástico. Daqui a pouco não faltam escritores a imitar.
Lê! Certamente gostarás!

Boas Leituras!
Fábio J. a 28 de Março de 2008 às 00:04

olá!gostei muito do poema...
Este blog é muito agradável,um cantinho com muita cultura para nos maravilhar-mos.
Obrigada.

InêsCabral a 27 de Março de 2008 às 02:04

Muito obrigado pela simpatia.
Espero que continues a gostar.

Até breve!
Fábio J. a 28 de Março de 2008 às 00:07

Um blog sobre livros e afins. A descongelar lentamente...
Contacto
Contacto

As mensagens poderão não ser lidas por extensos períodos. Pedidos de divulgação e/ou colaboração poderão não obter resposta.
pesquisar
 
A ler...
Tales of Earthsea

Romeo and Juliet

comentários recentes
<a href='http://www.cricinfobuzzlive.com/live-c...
E Jack london?Eça de Queiros.....
Também adorei!:http://numadeletra.com/a-mancha-hum...
Quando será lançado o quarto livro em português do...
Estou agora a ler esse livro e este seu texto deu-...
arquivos
2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


Leitores Online
online


O autor deste blog não respeita o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa