Abril 25 2008
Há 34 anos Portugal mudou.
O seu povo ganhou a liberdade e, graças a ela, aquilo que só a livre escolha e o livre pensamento possibilitam: a evolução social e económica e o enriquecimento cultural.
Sem as mesmas censuras, intimidações ou receios de uma política castradora, embora ainda não livres do autoritarismo, podemos agora conhecer e desfrutar daquilo que qualquer livro nos tem para oferecer.
E porque, afinal, a mente tema em esquecer o passado, deixo aqui a referência a alguns livros que puderam ajudam a relembrar como foi a mais romântica queda de uma ditadura, aquela que ficou conhecida como Revolução dos Cravos e que libertou pensamentos e palavras.
A Campo das Letras editou recentemente 25 Olhares de Abril, uma obra que conta com a visão de 25 autores portugueses que viveram esta data. Independentemente da visão que cada um tem, todos os autores deste livro se sentem unidos por um sentimento comum – o de que deixam o seu testemunho genuíno e autêntico sobre um acontecimento que mudou a vida de todos os portugueses.
Já dentro da especulação temos 25 de Abril - Mitos de uma Revolução de Maria Inácia Rezola. Esta obra propõe-se a apontar uma outra visão das motivações do grupo de jovens capitães que leva a cabo um golpe de Estado que, em menos de 24 horas, derruba uma ditadura que dominava Portugal há mais quatro décadas. Tratou-se de uma revolução em prol da liberdade? Houve ou não uma tentativa de golpe de Estado? Quais os seus autores?
Por sua vez, a Saída de Emergência sugere A Revolução dos Cravos de Sangue, de Gerard de Villiers, uma obra que pretende dar a conhecer o lado secreto do 25 de Abril de 74. Neste livro, estamos em Portugal, no rescaldo do 25 de Abril, e Lisboa é um tabuleiro de xadrez onde CIA e KGB jogam uma partida mortal. Uns tentam impedir que Portugal caia no comunismo, outros por em prática uma plano diabólico. É o próprio equilíbrio da Guerra-fria que está em jogo.
Por fim, Salazar – A Cadeira do Poder, de Manuel Poirier Braz, uma obra biográfica sobre Salazar, um dos homens mais marcantes e polémicos da recente História de Portugal, na qual podemos encontrar uma análise da sua vida e da forma como determinou o destino de um país durante quase meio século.
Só falta escolher e conhecer. Porque o mais importante é não esquecer o passado para melhor viver no futuro.

Publicado por Fábio J. às 23:11
Tags:

Um blog sobre livros e afins. A descongelar lentamente...
Contacto
Contacto

As mensagens poderão não ser lidas por extensos períodos. Pedidos de divulgação e/ou colaboração poderão não obter resposta.
pesquisar
 
A ler...
Tales of Earthsea

Romeo and Juliet

comentários recentes
<a href='http://www.cricinfobuzzlive.com/live-c...
E Jack london?Eça de Queiros.....
Também adorei!:http://numadeletra.com/a-mancha-hum...
Quando será lançado o quarto livro em português do...
Estou agora a ler esse livro e este seu texto deu-...
arquivos
2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


Leitores Online
online


O autor deste blog não respeita o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa