Maio 03 2008
Existem livros pelos quais nos apaixonamos logo nas primeiras páginas e outros que nos cativam com o desenvolver da acção, mas, desta vez, devo considerar também os que são incapazes de nos convencer. A Sangue Frio, de Truman Capote, revelou-se uma leitura frustrante, incapaz de corresponder ao meu conceito de obra-prima do século XX, designação esta que acompanha sinopses e críticas à obra.
Passado na segunda metade do século passado, no Kansas, EUA, este romance de não-ficção narra o homicídio de Herbert Clutter, da sua esposa Bonnie e dos filhos Nancy e Kenyon, uma típica família americana dos anos 50, bem como a trajectória dos assassinos, Perry Smith e Dick Hikcock.
Em momento algum a história consegue desenvolver um mínimo de suspense ou mistério. Contudo, este não me parecesse ter sido o objectivo do autor: escrito de uma forma bastante rígida e simples, o romance é claramente uma obra de cariz jornalístico, desligado de quaisquer pormenores estilísticos exagerados ou de subterfúgios sem interesse. No fundo, talvez isto constitua o ponto forte da obra.
Depois de uma breve apresentação da família e do contexto sócio-cultural em que se inseriam, assim como do seu assassínio, o autor centra-se nos procedimentos policiais constituintes da investigação criminal, bem como na reacção da pacata comunidade, então abalada pelo medo e pela desconfiança.
Numa segunda fase, a narrativa foca-se nos assassinos. A intenção talvez fosse levar o leitor a compreender a personalidade daqueles dois estranhos homens, traçando o seu perfil humano e frágil, mas considero que mesmo com alguma eloquência o autor manteve uma monotonia constante e cansativa.
A parte final é, então, completamente descontextualizada, notando-se, ao contrário do que acima referi, a apresentação de factos que nada têm a ver com a história.
A obra foi publicada em quatro partes na revista The New Yorker, em 1965, e talvez isso justifique algumas das opções feitas pelo autor. No fundo, esta não deixa de ser uma história interessante a nível jornalístico, mas com o passar das páginas percebemos o quão banal se torna.
Em resumo, o autor consegue prender a atenção do autor com alguns pormenores, apelando à sua curiosidade inata, e fazer um retrato interessante da condição humana, realçando a fragilidade física e psicológica de todos os homens. Por outro lado, a narrativa tem pouco brilho. Está bastante bem escrita, mas longe de proporcionar à obra a vivacidade necessária a um romance, seja ou não real.
 
 

A Sangue Frio de Truman Capote
Boas Leituras!
Publicado por Fábio J. às 23:46

As pessoas não estão a comentar muito pois não ! Enfim... Olha sei que gostas de ler, e eu também e li o teu blog todo e reparei que ainda não leste um livro muito bom mesmo: o circulo da magia de Debra Doyle e James D. Macdonald ! É so uma sugestao =$ beijinhos e parabens pelo blog!
Ps: O outro comentário fico estranho... =S é melhor apagares desculpa.
patricia a 5 de Maio de 2008 às 19:45

Tens razão, as pessoas não têm comentado muito. Mas acho normal, já que a minha presença aqui não tem sido muito assídua e não tenho comentado em quaisquer outros blogs.

Leste o blog todo? Bem, obrigado.
Quanto ao Círculo da Magia, é um livro ou uma série? Acho que os autores têm obras publicadas na Estrela do Mar, da Presença, mas não encontrei qualquer livro com esse título.
Muito obrigado pela sugestão! Vou aproveitar para conhecer melhor a história e logo verei.

Boas Leituras! ;)

É um circulo de livros! São 7 julgo... pelo menos os que tenho... são bons tanto que li todos numa semana nas ferias ! O primeiro livro é a Escola de Feitiçaria por ai fora sendo o ultimo o Enigma da Escola de Feitiçaria!
Estes livros Fizeram-me lembra Harry Potter e Feitiçeiro e a Sombra! Sendo todos distintos excepto o tema! A altura em que decorre a historia julgo que é aproxima da do Feitiçeiro e a Sombra!
Sim li... é muito interressante... visto que já li tambem a maioria dos livros e é bom saber a opniao de outros! =)
Patricia (Mimi) a 7 de Maio de 2008 às 14:25

Pois, bem me parecia que era uma série.
A comparação com o Harry Potter já era de se esperar, devido à feitiçaria, mas foi uma surpresa a tua comparação com O Feiticeiro e a Sombra. Leste todo o Ciclo de Terramar?
Não percebo muito bem o que queres dizer quando escreveste que "a altura em que decorre a historia julgo que é aproximada do Feiticeiro e a Sombra". Como é que consegues situar o Feiticeiro e a Sombra numa escala de tempo? Mas eu acho que percebo o que queres dizer. Seja como for, se comparas a série com o Ciclo de Terramar fico muito mais curioso. Adorei ler esse ciclo.

É facil =) Nos quando lemos o Feitiçeiro e a Sombra notamos que a parte da evolução no espaço é pouca... nota'se na forma das casas e assim mas é diferente não sei explicar... por um lado é igual por outro não... é um mundo separado do nosso... enquanto nos livros de Debra Doyle e James D. Macdonald podemos notar a altura mediaval! Ainda não tive oportunidade de ler toda pq a fnac ainda nao me mandou os livros... julgo que vou reclamar... quero livros pa ler e não tenho mais nenhum... acabei com as 3 estantes cá de casa! =( Enfim, experimenta eu gostei muito mesmo! Não comparemos muito com Harry Potter... gostei mais do Feitiçeiro e a Sombra e destes que do Harry Potter! No final Harry Potter ja era muito de prever... o que ia acontecer, enquanto que nestes a previsão é algo que nao existe, tudo é muito intenso, muito brilhante! =)
Patricia (Mimi) a 12 de Maio de 2008 às 12:37

Partilho da tua opinião...quase detestei este livro que considero apresentar uma escrita fria de mais...Obrigado pelo link para o correio do fantástico (sou o colega de Pedro Ventura no "correio"); Gosto bastante do teu blog, está muito bem conseguído; Olha queria fazer-te uma pergunta! Eu sou um aspirante a autor, estou neste momento embrenhado na escrita de uma história no género do fantástico...conto já com a critica do P.Ventura que foi super importante para mim e gostaria de contar também com a tua crítica; estarias interessado em receber algumas linhas da minha história?não te tomaria muito tempo e quem sabe até podes gostar. Para mim seria bastante importante. E já agora...o que achas do Correio do Fantástico? Ainda está numa fase muito embrionária mas temos algumas ideias interessantes que iremos desenvolver no futuro! Obrigado pelo teu tempo...se não estiveres interessado nos meus capítulos não levo a mal;
Igdrasil (Roberto Mendes) a 6 de Maio de 2008 às 20:33

Eu devo confessar que apaguei e reescrevi alguns parágrafos, algumas vezes, pois criticava mais duramente a obra... Não, simplesmente não gostei. Cheguei a estar 5 dias sem ler nada, porque não me apetecia ler A Sangue frio. Enfim... é um romance "daqueles".

O link é obrigatório. Visito frequentemente o blog, e posso dizer que já alguns contos que lá escreveste e que me agradaram bastante. Para variar, por falta de tempo não comentei. Mas dou-te, aqui, os parabéns.
Fico à espera desses desenvolvimentos no Correio, que certamente serão uma mais valia para quem adora o género (como eu)!

Quanto aos teus textos, tenho muito gosto em ler. Garanto-te uma opinião sincera e construtiva. Aliás, pelo que já livro no Correio do fantástico será um privilégio! Posso é demorar algum tempo a lê-la, pois ando mesmo muito ocupado nestes tempos. Podes mandar para livros.blog@sapo.pt. Assim que ler envio-te a opinião para o e-mail que me indicares.

Até Breve!!!
Fábio J. a 6 de Maio de 2008 às 23:30

É realmente bastante chato quando se lê um livro que não corresponde às nossas expectativas.
Infelizmente já passei por essa experiência e diria que foi bastante deprimente... é como se o tempo que gastamos a ler o livro fosse algo que perdemos de uma maneira bastante estúpida, porque podíamos ter estado a ler algo realmente interessante nesses momentos. Mas mesmo assim, a opinião que eu tenho é que se se começa a ler um livro tem de se acabar por pior que ele seja, porque assim podemos ao menos dizer que lemos até ao fim e que verificamos se era mau até não podermos dar mais oportunidades para revelar algo mais do que vimos.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

É realmente bastante chato quando se lê um livro que não corresponde às nossas expectativas. <BR>Infelizmente já passei por essa experiência e diria que foi bastante deprimente... é como se o tempo que gastamos a ler o livro fosse algo que perdemos de uma maneira bastante estúpida, porque podíamos ter estado a ler algo realmente interessante nesses momentos. Mas mesmo assim, a opinião que eu tenho é que se se começa a ler um livro tem de se acabar por pior que ele seja, porque assim podemos ao menos dizer que lemos até ao fim e que verificamos se era mau até não podermos dar mais oportunidades para revelar algo mais do que vimos. <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>Mundando</A> de assunto: <BR>Recomendo que leias o livro: Marietta e o Mestre" de Michail Bulgakov (se é que ainda não leste, claro) porque é um livro realmente cativante e que me agradou muito. <BR><BR>Boa semana
phebus a 7 de Maio de 2008 às 15:02

Olha vi a pouco a tua critica ao ultimo livro do h.pottter...quero convidar-te a passares em www.harrypotterfanfic.bloguepessoal.com...penso ue vais gostar! Vou enviar-te amanhã o ficheiro com os capítulos! Obrigado pela disponibilidade....depois tenho um desafio que te espero fazer...mas a seu tempo desvendarei!
igdrasil(roberto mendes) a 7 de Maio de 2008 às 22:50

Um desafio??? Hum...
Irei já passar pelo blog, mas como é um pouco tarde deixarei para amanhã uma visita mais aprofundada.
Fico à espera dos teus capítulos.

Até Breve!
Fábio J. a 11 de Maio de 2008 às 00:07

Foi exactamente isso que pensei: podia estar a ler outro livro, algo muito mais interessante. Mas resisti sempre, até ao fim, na esperança de que o livro se revelasse. Não é que tenha sido insuportável... se o fosse deixá-lo-ia a meio!

Quanto à tua sugestão, não, ainda não li. Aliás, não conhecia a obra nem o autor. Na net apenas encontrei "O Mestre e Margarita", que calculo ser o mesmo. LI que é um romance monumental, e sendo de influência russa ainda mais curiosidade me causa. Não prometo que leia, mas já está na minha lista.

Boa Semana!
Fábio J. a 10 de Maio de 2008 às 23:59

Um blog sobre livros e afins. A descongelar lentamente...
Contacto
Contacto

As mensagens poderão não ser lidas por extensos períodos. Pedidos de divulgação e/ou colaboração poderão não obter resposta.
pesquisar
 
A ler...
Tales of Earthsea

Romeo and Juliet

comentários recentes
<a href='http://www.cricinfobuzzlive.com/live-c...
E Jack london?Eça de Queiros.....
Também adorei!:http://numadeletra.com/a-mancha-hum...
Quando será lançado o quarto livro em português do...
Estou agora a ler esse livro e este seu texto deu-...
arquivos
2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


Leitores Online
online


O autor deste blog não respeita o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa