Junho 25 2008
Dediquei estes últimos dias ao descanso completo e à alienação social. Precisava. Aumentei, por isso e para isso, o tempo de leitura... e que bem que soube.
Acabei hoje de ler O Fiel Jardineiro, romance absorvente e majestoso, portador duma carga emotiva e humana simples, bela e, apetece-me escrever, assustadora. Ilógico? Talvez. Talvez porque neste livro diferentes realidades caminhem lado a lado, ombro a ombro, nenhuma mais real do que a outra: egoísmo e fidelidade.
Neste livro John le Carré, autor britânico que há muito queria experimentar, apresenta ao leitor Justin Quayle, um funcionário da Alta Comissão Britânica no Quénia. A acção começa com o misterioso assassínio de Tessa, sua esposa, e o desaparecimento de Bluhm, amigo desta. Insatisfeito com as investigações oficiais, corruptas e tendenciosas, Justin decide esclarecer ele próprio em que circunstâncias a sua esposa foi morta e quem teria razões para se querer ver livre dela e do seu amigo, activistas de organizações humanitárias.
Cedo Justin se apercebe que entrar no universo profissional de Tessa, até então desconhecido, seria travar as mesmas batalhas que esta travou e correr os mesmos riscos que esta correu. Movido pela fidelidade e querendo descobrir quem realmente era Tessa Justin não se deixa intimidar. Durante as suas pesquisas vai descobrindo os fios de uma trama internacional de corrupção, na qual a poderosa industria farmacêutica tece um perigoso novelo de interesses e estratégias.
Embora a narrativa seja sempre aprazível e cativante, inicialmente a história desenrola-se duma forma um tanto ou quanto lenta. No entanto, mesmo nestes momentos, é difícil parar de ler, já que o surrealismo dá brilho há obra, dá-lhe dinamismo. Mais à frente, é a emoção de uma boa conspiração e de uma luta desesperada pela descoberta e justiça que fortalece a narrativa e nos tira o ar dos pulmões.
Acima de tudo é uma obra muito, muito bem escrita, muito credível e perturbadora. A relação Justin-Tessa é-me pessoalmente marcante; admirável diria. As personagens e organizações são assustadoramente reais. O fim é... o fim é soberbo.
Da leitura fica o meu medo face ao Homem e à sua falta de valores. E a vontade; a vontade de conhecer, agir e gritar.
Muito recomendável.
O Fiel Jardineiro de John le Carré
Até Breve!

 

Publicado por Fábio J. às 23:09

Interessante... Tenho cá o filme mas ando sempre a insistir com a minha mãe para não o vermos, porque ainda não li o livro... Tenho de ver se arranjo tempo =P

Só uma nota: "O Primeiro Homem de Roma", saga da McCullough, já está publicado há imenso tempo. O que eles devem ter feito foi uma reedição ;)
Francisco Norega a 26 de Junho de 2008 às 17:49

Eu já vi (grande) parte do filme e, como tal, não tive grandes surpresas mas mesmo assim foi uma excelente leitura.
E, já que tocaste no assunto, deixa-me dizer que, pensando bem, a adaptação para cinema até foi bastante bem feita.

Quanto a "O Primeiro Homem do Mundo", talvez seja mesmo uma reedição, já que foi toda editada este ano. Eu é que não conhecia a saga e quando a encontrei achei-a bastante interessante, fazendo destaque. Obrigado pela nota!;)

Não tens nada que agradecer =P Collen McCullough é muito fixe. Por acaso esta "série" ainda não li, mas ela escreve que se farta!

Lembrei-me de ir à Webboom ver datas e pelo que parece o volume VII - António e Cleópatra só sai no próximo mês. É reedição?

A menos que seja de outra editora, é.
Para mais informações podes consultar o seguinte tópico http://www.phpbbserver.com/ocantinhodosliv/viewtopic.php?t=503&mforum=ocantinhodosliv no Cantinho dos Livros.

A editora é a mesma. Parece-me mesmo ser uma reedição mas com a publicação de um novo volume, o VII.

Está resolvida a confusão!

Ah, ok! Afinal esta última confusão foi erro meu =P Não tinha visto o "VII". xD

Descobri este blog nas minhas pesquisas sobre livros. Adoro ler e escrever. Gostei do blog, vou colocar um link no meu.
Homem do Leme a 3 de Julho de 2008 às 18:13

Por acaso tenho esse livro. :p A ver se o leio, pela maneira como falas dele deve ser mesmo muito bom! :)
Maria Vaz de Almeida a 6 de Julho de 2008 às 13:41

Eu gostei mesmo muito de o ler.
Já que o tens não percas a oportunidade. Vale a pena!

E Boas Leituras!
Fábio J. a 7 de Julho de 2008 às 19:38

Li o livro muito antes do filme e sair e na altura adorei-o. Achei o final bastante original! Quero ver o filme, que ainda não vi, mas tenho de reler o livro primeiro. Há coisas que já não me recordo bem e quero tê-las bem presentes quando o for ver.

Boas leituras!
SkyStorm a 7 de Julho de 2008 às 15:53

Um blog sobre livros e afins. A descongelar lentamente...
Contacto
Contacto

As mensagens poderão não ser lidas por extensos períodos. Pedidos de divulgação e/ou colaboração poderão não obter resposta.
pesquisar
 
A ler...
Tales of Earthsea

Romeo and Juliet

comentários recentes
<a href='http://www.cricinfobuzzlive.com/live-c...
E Jack london?Eça de Queiros.....
Também adorei!:http://numadeletra.com/a-mancha-hum...
Quando será lançado o quarto livro em português do...
Estou agora a ler esse livro e este seu texto deu-...
arquivos
2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


Leitores Online
online


O autor deste blog não respeita o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa