Julho 26 2008

Tal como tem sido amplamente noticiado, João Ubaldo Ribeiro foi hoje distinguido com o Prémio Camões 2008, o mais importante galardão atribuído a autores de língua portuguesa.

João Ubaldo Ribeiro é, assim, o oitavo brasileiro a ser distinguido com este prestigiado prémio, que desde 1989 já foi também atribuído a nove autores portugueses, um moçambicano e dois angolanos.
O escritor, um dos brasileiros mais lidos em Portugal, nasceu na ilha de Itaparica, no estado da Bahia, a 23 de Janeiro de 1941 e entre os seus livros estão Setembro não faz sentido, Sargento Getúlio, Viva o povo brasileiro, O Sorriso do lagarto e A Casa dos Budas Ditosos.
José Saramago, José Eduardo Agualusa e António Lobo Antunes, distinguido pelo mesmo galardão na edição anterior, foram alguns dos autores que já demonstraram a sua satisfação com a escolha do júri. No entanto, a SPA, que também aplaude a decisão, já pediu ao júri que indique a razão porque apenas analisou autores brasileiros.
Seja como for, o importante é continuar a destacar o que de melhor se escreve em Português. Afinal, mais do que qualquer acordo institucionalizado, são as trocas interculturais que aproximam os povos lusófonos.
Agora até me apetecia ler o autor...
Publicado por Fábio J. às 23:11

Gosto muito de João Ubaldo Ribeiro. A Casa dos Budas Ditosos está nos meus preferidos!
Adorei!
Os meus Parabéns a Ele pelo prémio.
Vou voltar a este blog!
VeraLima a 27 de Julho de 2008 às 23:15

Gostaria de o convidar a passar pelo site “Junqueira Antiga”, um espaço dedicado à divulgação de textos noticiosos que ajudam a traçar o retrato mediático de uma pequena freguesia de Vila do Conde, com auxílio de jornais já extintos. Fica em http://junqueiraantiga.wordpress.com/. Obrigado.
Nelson Silva a 28 de Julho de 2008 às 10:31

há longo tempo que acompanho a escrita de João U. Ribeiro, e também destaco "A Casa dos Budas Ditosos" como dos grandes livros. "Viva o Povo Brasileiro" é um hino ao Brasil e Critica que se pode fazer através das palavras. Aconselho a ler p primeiro conto do seu livro "Miséria e grandeza do Amor de Benedita" e com grande humor ridiculariza as pessoas e os países que não acreditam naquilo que de bom existe dentro da sua casa da sua região do seu país. aplaudo este prémio de pé e agradeço a este escritor as suas palavras.
rui a 28 de Julho de 2008 às 22:04

Um blog sobre livros e afins. A descongelar lentamente...
Contacto
Contacto

As mensagens poderão não ser lidas por extensos períodos. Pedidos de divulgação e/ou colaboração poderão não obter resposta.
pesquisar
 
A ler...
Tales of Earthsea

Romeo and Juliet

comentários recentes
<a href='http://www.cricinfobuzzlive.com/live-c...
E Jack london?Eça de Queiros.....
Também adorei!:http://numadeletra.com/a-mancha-hum...
Quando será lançado o quarto livro em português do...
Estou agora a ler esse livro e este seu texto deu-...
arquivos
2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


Leitores Online
online


O autor deste blog não respeita o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa