Janeiro 22 2009
Foram hoje apresentados os nomeados para os Óscares. O destaque vai para O Estranho Caso de Benjamin Button, com 13 nomeações. O argumento basea-se no conto do norte-americano F. Scott Fitzgerald, publicado em 1992 e recentemente editado no nosso país, pela Editorial Presença.
Tive oportunidade de ler a publicação, com apenas 75 páginas, e fiquei satisfeito. A comparação com a adaptação cinematográfica não vale muito já que foram várias as modificações na acção.
A ideia para este história terá surgido com a constatação de que a melhor parte da vida é no início e a pior no fim. Benjamin Button é, no entanto, uma excepção, já que nasceu com aspecto e mentalidade de um homem em fim de vida e caminhou, ao longo do tempo, para o dia de nascimento.
Na génese deste conto publicado pela primeira vez em 1922 terá estado, segundo F. Scott Fitzgerald, uma observação de Mark Twain em que o escritor lamentava que a melhor parte da vida fosse ao início e a pior no fim. Assim nasceu Benjamin Button, mas, como o leitor poderá começar a adivinhar, para grande desgosto e estupefacção de todos os envolvidos, o «pequeno» Benjamin vem ao mundo com a aparência, o tamanho e as peculiaridades de um homem de 70 anos… O Estranho Caso de Benjamin Button inspirou uma adaptação ao grande ecrã.

Neste conto, vemo-nos a par com o “crescimento” do jovem Button num mundo onde a aparência e os dogmas sociais estão acima da própria essência biológica e moral humana. A vida revela-se, como sempre, um desafio, mas um desafio ainda maior por se tratar da luta de um só homem, contra todos, contra tudo, contra o tempo.

Como é previsível, não existem descrições ou desenvolvimentos que me permitam melhor comentar o espaço da acção ou o estilo do autor, mas, ainda assim, vale a pena destacar o sentido simultaneamente trágico e cómico da situação e a crítica um tanto ou quanto irónica da sociedade americana do final do século XIX.
Trata-se de uma história bastante peculiar e intrigante, narrada em tom directo mas com grande subtileza, capaz de nos fazer pensar e discutir quanto vale o carinho daqueles que nos são próprios, as mudanças, constantes e sempre perturbadoras, e a vida, inevitavelmente fatal.
É um conto. É surreal. É original. É o estranho caso de um velho bebé chamado Benjamin.
O Estranho Cado de Benjamin Button de F. Scoot Fitzgerald
Estranhas Leituras!

 

Publicado por Fábio J. às 22:13
Tags:

Apesar de ser quase um Forrest Gump reeditado, gostei bastante do filme.
Leonardo Pastor a 23 de Janeiro de 2009 às 14:05

Sou um "seguidor", admirador do seu blog.
Espero que não se importe.
Um abraço,
João Pedro Martins
João Pedro Martins a 29 de Janeiro de 2009 às 01:18

Ora João, é claro que me importo. E importo-me porque é bom saber que há quem leia e aprecie o que escrevemos. ;) Então agora, que ando com tão pouco tempo para a actualizar este espaço!

Obrigado pela visita!
Fábio J. a 1 de Fevereiro de 2009 às 18:56

Vi o filme e gostei bastante! Agora tenho curiosidade em ler o livro...
livros2amao a 29 de Janeiro de 2009 às 08:49

Eu diria que o filme foi bastante adaptado, o que não é, necessariamente, mau. Existem pormenores no conto muito surreais, talvez demasiado surreais nos nossos dias.
É um livro peculiar e capaz de surpreender, e por isso vale a pena lê-lo.
Fábio J. a 1 de Fevereiro de 2009 às 19:08

Já viram o trailer da mais recente obra da Stephenie Meyer? http://videos.sapo.pt/YW9UZrunluISOvHhmTdR

Pikena a 30 de Janeiro de 2009 às 13:46

vi agora está giro. Vai galar sobre este livro aqui?
Alberto a 30 de Janeiro de 2009 às 15:19

Esta obra não faz parte da saga Crepúsculo, certo?
Eu bem que andava a estranhar que a Gailivro não aproveitasse o sucesso da autora publicando outro livros da sua autoria.

É esperar para ver, ou melhor, para ler. No meu caso é mais esperar para ler opiniões na Internet, mas logo se verá.

Obrigado pela dica!
Fábio J. a 1 de Fevereiro de 2009 às 19:37

o livro de o estranho caso de benjamin button é assim tao pequenino?é que fui ver o filme e o filme é enorme agora vejo o livro e é mesmo muito pequeno.
esse livro é um resumo do original ou é mesmo o livro original?

cumps e parabens pelo blog.
nagash a 4 de Fevereiro de 2009 às 11:54

Sim, O Estranho Caso de Benjamin Button tem apenas 75 páginas. É um conto e não um romance.
Este facto contribui, certamente, para as diferenças com a adaptação cinematográfica. Houve muitas coisas alteradas.

E não se trata de nenhuma espécie de resumo :) Trata-se efectivamente do conto escrito por F. Scott Fitzgerald. Pode até parecer insólito, mas é mesmo um conto.

Obrigado pelo comentário e pela visita!
Fábio J. a 7 de Fevereiro de 2009 às 23:06

Este ano tenho tanto que ler e que ver que já não sei para onde me virar...Gostei tanto deste post que fiquei convencida: vou mesmo lê-lo!
Joana Pinto a 8 de Fevereiro de 2009 às 20:04

Livros nunca são demais, mas também eu tenho tantos para ler que de cada vez que acabo de ler um não sei qual ler a seguir. Tenho mais do que os que costumo ler num ano! Mas é bom, muito bom ver as estante repletas de histórias por descobrir.

Quanto a este livro, lê-se numa noite. É pequeno e bastante agradável. Certamente será um boa leitura. ;)
Fábio J. a 8 de Fevereiro de 2009 às 21:49

Ainda não vi, mas tudo o que ouvi até agora têm sido boas recomendações. Mal posso esperar para finalmente ver...

Vou frequentemente ao cinema. Cinema e livros. Pode dizer-se que são os meus vícios. Podiam ser piores.
O último que vi foi o Seven Pounds. O que acharam? *
J. a 10 de Fevereiro de 2009 às 12:05

No que toca Ao estranho caso de B. B. apenas reafirmo que o filme resulta de uma grande adaptação do livro.

Quanto ao Seven Pounds, eu ainda não o vi mas tenho amigos que viram e disseram que até choraram... ;)
Fábio J. a 13 de Fevereiro de 2009 às 18:09

Aconselho a leitura de outra obra sobre o mesmo tema e na qual a adaptação do filme mais se baseou.
"The Confessions of Max Tivoli" de Andrew Sean Greer.
Está traduzido em Portugal mas, lamentavelmente, ainda não foi publicado.

Só para espreitar; se quiser, claro :)
http://blogs.uww.edu/library/archives/1168

Cumprimentos
jaexiste a 10 de Fevereiro de 2009 às 18:14

Obrigado pela sugestão. Não conhecia e vou procurar alguma informação.

Até Breve!
Fábio J. a 14 de Fevereiro de 2009 às 20:19

Olá,
Penso que não tens conhecimento deste texto que é copy paste do teu mérito!
http://www.rtp.pt/antena1/index.php?article=681&visual=1
Participação número um.

Shes a 11 de Fevereiro de 2009 às 12:42

Olá.

Não sabia... Fiquei de queixo caído, mas a vida é assim. Há sempre quem goste de se aproveitar do trabalho dos outros.

Muito obrigado pela referência.
Fábio J. a 23 de Fevereiro de 2009 às 21:56

Ou de um bebé velho. Pena o óscar ter fugido. Ingratos!!
KI a 23 de Fevereiro de 2009 às 15:58

Sendo o caso deste Benjamin tão estranho, podemos mesmo jogar com as palavras e chamar-lhe velho bebé ou bebé velho. :)

Eu gostei bastante do filme e acreditava que acabasse por receber mais alguns, mas pronto.
Fábio J. a 24 de Fevereiro de 2009 às 23:01

Um blog sobre livros e afins. A descongelar lentamente...
Contacto
Contacto

As mensagens poderão não ser lidas por extensos períodos. Pedidos de divulgação e/ou colaboração poderão não obter resposta.
pesquisar
 
A ler...
Tales of Earthsea

Romeo and Juliet

comentários recentes
<a href='http://www.cricinfobuzzlive.com/live-c...
E Jack london?Eça de Queiros.....
Também adorei!:http://numadeletra.com/a-mancha-hum...
Quando será lançado o quarto livro em português do...
Estou agora a ler esse livro e este seu texto deu-...
arquivos
2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


Leitores Online
online


O autor deste blog não respeita o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa