Setembro 11 2009
Foi hoje lançada mais uma aposta no fantástico nacional, desta vez pela Saída de Emergência, através da colecção TEEN. Trata-se de Alex 9 - A Guardiã da Espada, escrito por Martin S. Braun, pseudónimo de Bruno Martins Soares.
Eis um pouco da história:
A caminho da frente de batalha contra os invasores, o Príncipe Dael de Brodom descansava com a sua guarda junto às margens de um lago quando um estranho fenómeno aconteceu: uma estrela despenha se no lago, e das águas emerge uma mulher quase nua que cai inconsciente nos seus braços. Será este o sinal de que uma antiga profecia se está a realizar? Sem saber porquê, a Tenente Coronel Alex 9, da 3ª Unidade de Comandos de Elite, é projectada para um planeta muito parecido com a Terra, onde uma guerra entre impérios medievais se está a travar. Aparentemente, a chegada de Alex à Segunda Terra despoletou uma miríade de consequências políticas que estão ainda longe de fazer sentido. Ao longo deste volume, repleto de batalhas com espadas e armas magnéticas, as linhas de trama começam a cruzar se e descobrimos um conflito que se prepara há séculos. Mas onde levará?
Ao que parece, este é apenas o início de uma história que se prolongará por mais volumes, tal como é apanágio do género. Trata-se de Fantasia, com desafios, batalhas e viagens no tempo e espaço, e pela sinopse parece ser um contributo interessante para a literatura fantástica no nosso país.
Apesar de vocacionada a um público mais jovem, estou curioso. É mais uma aposta na criatividade nacional e feita pela Saída de Emergência. É ler e conhecer as potencialidades da história e do autor (que, aliás, já publicou com esta mesma editora, na colectânea A República Nunca Existiu).
Alex 9 - A Guardiã da Espada de Martin S. Braun
Saída de Emergência, 2009
Aqui fica o apontamento.
Publicado por Fábio J. às 22:42

não tenho tido PC. acho k devo pedir desculpa pela pergunta que ficou no ar.

não tenho muito a dizer. mesmo que me quisesse alongar nao o permitiria a mim mesmo. o meu livro preferido é o 'livro em branco' como é que alguém que gosta de ler diz que prefere a falta de palavras á sua magnifica torrente artística?
digo então que todos os que ja tentaram escrever e nao conseguiram sabem a beleza que encerra o acto fracassado. creio que seja o livro perfeito. o mais aberto e acolhedor. o que nao decepciona e de todo impressiona.


(respondendo de uma forma mais racional: todos os nomes, ensaio sobre a cegueira, cem anos de solidão, comboio nocturno para Lisboa, memoria de elefante, arquipélago da insónia, a rapariga que roubava livros)

sou mais novo que tu. tinha de dizer xD Talvez para justificar a minha tao grande pequenez face a ti.

p.s. estou de rastos acho que nunca tive tao deprimido. se visses o meu prf de portugues ficavas igual.


Tiago a 15 de Setembro de 2009 às 20:53

Olá,

Não há desculpas a pedir.
A tua resposta foi, de todo, original e interessante ;) Eu não vejo muita beleza no acto fracassado, mas sim mais frustração e desanimo, mas isso sou eu.
Quanto à tua lista "mais racional", vejo que temos referências em comum... e lá está o Comboio (...), que quero ler.

Pequenez? Qual pequenez? Creio que qualquer observador constatará que em nada a s tuas palavras reflectem pequenez ou algo semelhante, antes pelo contrário. E já aprendi que no mundo das ideias a idade não existe. É apenas um pormenor redundante da nossa existência.

Oh, eu tenho passado os últimos tempos também deprimido, mas até gosto da depressão e tristeza: fazem-nos ver o mundo doutra perspectiva, a meu ver mais simples. E lamento que não tenhas um professor que te cative, ainda para mais de português. Talvez seja só impressão de primeiros dias. Eu, já agora, posso dizer que tive uma professora excelente ao longo de todo o secundário. Maria José, 'tás cá dentro ;)

Até Breve!
Fábio J. a 17 de Setembro de 2009 às 22:40

Boas,

Li recentemente este livro, e o 2º a coroa dos deuses, e acho estranho o livro estar na secção juvenil.a historia está muito bem narrada as personagens são bem "explicadas" ao ponto de quase antevermos qual a reacção face a cada reviravolta com que se deparam. além de que mistura ficção cientifica com um mundo em idade media,em que tanto são descritas cenas de luta com  armas e estratégias "hi-tec" como cenas de luta com espadas cercos a castelos "carregar" de cavalaria. tudo muito bem descrito e promenorizado.

bastante interessante e bem conseguido o conceito do bruno martins espero que o 3º não tarde a sair.

cumprimentos,
Telak a 28 de Setembro de 2010 às 15:05

Há algum tempo fui surpreendido pelas críticas muito positivas a esta série. Digamos que não estava à espera. Felizmente errei, e pelos visto há mais uma boa série de fantástico nacional.

Nunca tinha visto as coisas sob essa perspectiva, ou seja, uma mistura de Idade Média com estratégias "hi-tec" . Faz-me lembrar Hohlbein e a saga Anders. E eu gostei dessa mistura... Hmm, despertou-me o interesse para esta série.
Obrigado por isso!
Fábio J. a 26 de Dezembro de 2010 às 23:45

Um blog sobre livros e afins. A descongelar lentamente...
Contacto
Contacto

As mensagens poderão não ser lidas por extensos períodos. Pedidos de divulgação e/ou colaboração poderão não obter resposta.
pesquisar
 
A ler...
Tales of Earthsea

Romeo and Juliet

comentários recentes
<a href='http://www.cricinfobuzzlive.com/live-c...
E Jack london?Eça de Queiros.....
Também adorei!:http://numadeletra.com/a-mancha-hum...
Quando será lançado o quarto livro em português do...
Estou agora a ler esse livro e este seu texto deu-...
arquivos
2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


Leitores Online
online


O autor deste blog não respeita o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa