Outubro 02 2009
Depois de ter lido algumas obras suas, tornei-me um admirador e passei a estar atento à obra de José Saramago. Por isso mesmo, o anúncio de um novo lançamento foi aqui referenciado.
Depois do vídeo, deixo-vos aqui a sinopse e a capa de Caim:
Quem diabo é este Deus que, para enaltecer Abel, despreza Caim?
Se em O Evangelho Segundo Cristo José Saramago nos deu a sua visão do Novo Testamento, em Caim regressa aos primeiros livros da Bíblia. Num itinerário heterodoxo, percorre cidades decadentes e estábulos, palácios de tiranos e campos de batalha pela mão dos principais protagonistas do Antigo Testamento, imprimindo ao texto o humor refinado que caracteriza a sua obra.
Caim revela o que há de moderno e surpreendente na prosa de Saramago: a capacidade de fazer nova uma história que se conhece do princípio ao fim. Um relato irónico e mordaz no qual o leitor assiste a uma guerra secular, e de certa forma, involuntária, entre o criador e a sua criatura.
Tendo em conta as minhas leituras anteriores e o tema desta história, bem, definitivamente trata-se de um livro a não perder. O lançamento é já no próximo dia 15.
Caim
Caim de José Saramago
Editorial Caminho, 2009
Fica a sugestão, seja para os apreciadores, seja para os novos leitores.
Publicado por Fábio J. às 23:19

Deixei para ti um selinho no meu blog
Sara a 5 de Outubro de 2009 às 19:59

Já tive oportunidade de ver a tua simpatia, mas o tempo ainda não me tinha deixado agradecer :)
Obrigado!
Fábio J. a 15 de Outubro de 2009 às 19:50

Saramago é o meu escritor português de eleição. A sua escrita apaixona-me! Os seus livros são viciantes e confesso que não entendo o porquê de não ter uma única amiga a gostar da sua escrita! Os livros têm realmente esta vertente, ou gosta-se ou não se gosta...

A obra que considero de sempre é o "Memorial do Convento", mas até as consideradas mais simples como "Todos os nomes" ou "A viagem do elefante" são incrivelmente extraordinárias!

O "Caim" irá com certeza parar a uma das minhas estantes! :) Até porque gostei imenso d' "O Envangelho segundo Jesus Cristo" e tenho muita curiosidade em ler este devido à temática.


 
tonsdeazul a 9 de Outubro de 2009 às 11:54

Concordo plenamente: se tivesse de escolher, diria que Saramago é o meu escritor de eleição, dentre os nacionais ou não. É que os livros de Saramago são muito mais do que histórias: as narrativas têm um estilo único e fascinante, que faz com que cada obra seja especial e admirável.
Também conheço quem não goste do autor. E é mesmo com referes. Nomeadamente com escritores como Saramago, tão especiais, ou se gosta muito, ou não se gosta nada.

Ora aí está, volto a fazer minhas as tuas palavras: o Memorial do Convento é, muito provavelmente, o meu livro favorito de sempre. É incrível! Mas José Saramago é efectivamente um grande contador de histórias e este novo livro, Caim, certamente será mais uma prova disso. Tendo em conta o tema, estou duplamente ansioso por ler. Quem sabe no Natal :p

Boas Leituras!
Fábio J. a 15 de Outubro de 2009 às 20:07

A propósito de Boas Leituras, que tal começarmos a ler a Biblia, "esmiuça-la" e fazermos a destrinça entre o Velho e o Novo Testamento. Estou certo que Saramago já a fez, mas quer que a façamos nós. É que tudo seria mais fácil para os Homens se os Senhores Sacerdotes  cumprissem a função para a qual foram mandatados. Cristo depositou em Pedro, o primeiro "Papa" a responsabilidade de divulgar o Novo Testamento. Esta "Boa Nova" nada tem a ver com o Antigo Testamento. No Novo Testamento, Deus é Pai de todos,  ensina a não fazermos ao outro o que não queriamos que ele nos fizesse, a sermos solidários, ou seja, descobrir-mos a felicidade de fazer sobressaír o que há de melhor em nós. Ao contrário, no Antigo Testamento, Deus é só Pai dos Hebreus (os outros não se sabe de quem eram filhos...), é um deus interesseiro, justiceiro, castigador, olho por olho... dente por dente, é o deus que ainda é seguido pelos protagonistas de algumas guerras eternas. Por que será que os Sacerdotes "Cristãos" não seguem Cristo?
É provavelmente nisto que Saramago quer que nós meditemos. 
Anónimo a 21 de Outubro de 2009 às 23:44

Há algum tempo, já não sei porquê, falou-se neste blog sobre a Bíblia e outros textos sagrados, e nessa altura prometi a mim mesmo ler a Bíblia de uma ponta à outra. Cheguei a começar, mas a tarefa não foi completa.
Mas claro, dada a influência de tal livro acho que todos deveríamos lê-lo, e depois tirar as nossas próprias conclusões. Mas os católicos não a lêem. Não faz parte das suas "obrigações" conhecer a Bíblia. Porque será?...
Não digo que seja exactamente isso que Saramago quer. Talvez ele até nem queira nada. Mas se quiser, o mais provável é quer promover o espírito crítico nos seus leitores. Ele fá-lo em vários dos seus livros, sob os mais diversos temas. Ao questionar a Bíblia, faz-nos pensar sobre a nossa identidade religiosa e sobre as nossas ideologias. 
É que, tal como mostrou, existem várias questões e incongruências que merecem a nossa atenção. Seja por Saramago ou não, vale a pena meditar, como referiu.
Fábio J. a 24 de Outubro de 2009 às 22:24

Um blog sobre livros e afins. A descongelar lentamente...
Contacto
Contacto

As mensagens poderão não ser lidas por extensos períodos. Pedidos de divulgação e/ou colaboração poderão não obter resposta.
pesquisar
 
A ler...
Tales of Earthsea

Romeo and Juliet

comentários recentes
<a href='http://www.cricinfobuzzlive.com/live-c...
E Jack london?Eça de Queiros.....
Também adorei!:http://numadeletra.com/a-mancha-hum...
Quando será lançado o quarto livro em português do...
Estou agora a ler esse livro e este seu texto deu-...
arquivos
2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


Leitores Online
online


O autor deste blog não respeita o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa