Junho 22 2010

Definir cultura pode não ser uma tarefa fácil, e certamente todos o fazemos com palavras diferentes, de acordo com as perspectivas e habilidades de cada um. Mas há certas ópticas, no mínimo, discutíveis.

Ontem, os deputados Vicente Jorge Silva (PS) e Paulo Mota Pinto (PSD) participaram no Frente-a-Frente, do Jornal das 9, na SIC Notícias. Parte da discussão decorreu em torno da morte de José Saramago e da ausência do Presidente da República nas cerimónias fúnebres.

A certa altura, discutia-se a valorização da cultura pelo PR, e Mário Crespo interpelou o deputado social-democrata sobre o seu hipotético modo de agir, perante um “momento irrepetível [na cultura portuguesa] – é pouco provável que tenhamos um prémio Nobel da Literatura novamente”. A resposta deixou-me boquiaberto: “Há compromissos (…) Para já, [esse tipo de afirmações] partem de um conceito muito limitado de cultura: até parece que a economia e as finanças não são cultura também!”

Embora, no sentido mais abrangente possível, toda a acção humana possa ser vista como expressão “da cultura humana”, querer juntar a economia e as finanças, doentias como são em Portugal, às expressões culturais que lutam para se manterem à tona neste país à beira mar plantado é, no mínimo, acto censurável e idiota.

Já nos chegam os cabeçalhos de jornais e a constatação diária. Fazer uma afirmação daquelas, no momento em que perdemos uma das maiores figuras da cultura nacional, é lamentável e reflecte bem o longo caminho que a sociedade e a política portuguesa ainda têm de percorrer.

Publicado por Fábio J. às 22:19

Junho 12 2009
Na página principal do SAPO:
Onde está a opção “Não, porque não moro em Lisboa ou no Porto e os preços praticados (bem como as iniciativas dinamizadas) na Feira não justificam a viagem”?
Começo a pensar que sou culturalmente inadaptado. Isso, ou os milhões de portugueses sem estas duas grandes Feiras do Livro não interessam a quem formulou a questão...
Publicado por Fábio J. às 22:19
Tags:

Abril 23 2009
Comemorara-se hoje, 23 de Abril, o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor.
A data, estabelecida pela UNESCO, é simbólica e justa. Quem lê, tem neste dia a oportunidade de participar em iniciativas e aproveitar algumas promoções. Quem não lê, não começará hoje a ler mas talvez se decida a depositar mais algum interesse no objecto rectangular…
O The Big Read e a Global Action Week, promovidos também pela UNESCO, provam que a data faz sentido e é mais do que um incentivo à leitura. É também um alerta para a sua importância e para os ainda perturbantes níveis de iliteracia em todo o mundo.
Símbolo, homenagem, alerta… é o dia do livro e, como o livro, pode ser tudo o que quisermos ler nele.
affiche.jpg
Cartaz da UNESCO alusivo à data comemorativa
Links: 2007 | 2008 | Autores portugueses lêem (Vídeos) | UNESCO
Publicado por Fábio J. às 21:40

Dezembro 23 2008
Finalmente dou início a um projecto (se é que tal ideia pode receber esse nome) que há muito idealizava.
Trata-se de destacar algumas das partes que mais me fascinaram nos livros que já li, nomeadamente na literatura fantástica, na qual existem locais e culturas ficcionais fascinantes. Assim, não só relembro histórias que adorei ler como dou a conhecer pormenores que merecem a atenção dos apreciadores da leitura.
O meu primeiro texto, acerca dos Filhos do Alto Mar, de Ursula K. Le Guin, já está publicado, no Correio do Fantástico. Espero que vos diga alguma coisa e, como lá digo, conto com os vossos destaques de grandes pormenores.
Até Breve!
Publicado por Fábio J. às 17:46

Setembro 18 2008
Para aqueles que diariamente fazem o seu périplo através de blogs literários e de edição portugueses a notícia não é nova: o grupo LeYa lançou a colecção BIS.
Diz que é do melhor... se assim é não sei, mas a verdade é que livros de bolso de autores célebres e conceituados, portugueses e estrangeiros, com uma edição aparentemente cuidada, por apenas 5,95 euros não se encontram todos os dias.
E porque não vale a pena dizer o que já tantos disseram, aqui fica o link para o blog desta colecção, onde é possível conhecer os pormenores acerca da mesma.
Nota ainda para um último pormenor: a LeYa criou um blog para cada livro... uma boa iniciativa, sem dúvida. Resta é saber se chegarão ao segundo post.
Sejam desta ou de outra colecção, o que importa é que sejam Boas Leituras!
Publicado por Fábio J. às 22:25
Tags:

Um blog sobre livros e afins. A descongelar lentamente...
Contacto
Contacto

As mensagens poderão não ser lidas por extensos períodos. Pedidos de divulgação e/ou colaboração poderão não obter resposta.
pesquisar
 
A ler...
Tales of Earthsea

Romeo and Juliet

comentários recentes
-Crónica de uma morte anunciada...vi esse filme em...
Realmente, sou fascinada por este livro, maravilho...
ta fixe tou a lero segundo:tuneis  aventura n...
<a href='http://www.cricinfobuzzlive.com/live-c...
E Jack london?Eça de Queiros.....
arquivos
2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


Leitores Online
online


O autor deste blog não respeita o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa