Julho 20 2007
Tudo na vida tem um fim. Não existiria, realmente, se não o tivesse. A série Harry Potter não é excepção. Faltam poucas horas para se celebrarem os 10 anos da série literária, celebração essa que será feita com a conclusão da mesma.
Dez anos depois do modesto e até difícil lançamento de Harry Potter and the Philosopher's Stone, o sétimo e último livro é lançado duma forma bastante pouco discreta, numa acção à escala planetária na qual o mistério, ansiedade e histeria se fundem, tornando este acontecimento único.
Muito mudou desde que “o menino que sobreviveu” chegou às livrarias. Hoje, Harry Potter é uma marca que vale mais de 15 biliões de dólares, a sua criadora uma das mulheres mais ricas do mundo e o jovem actor que interpreta o seu papel nos filmes o jovem mais rico da Inglaterra. Seis livros, cinco filmes e respectivos vídeo jogos e muito marketing deram a esta saga milhões de fãs por todo o planeta, estando muitos deles à espera do dia 21 para tirarem todas as dúvidas e descobrirem o derradeiro fim da famosa aventura do jovem feiticeiro.
Harry Potter and the Deathly Hallows é já o livro mais procurado na Internet, e será, sem dúvida, o livro de venda mais rápida da história. Nas últimas semanas, foram várias as notícias que declaravam que o final da saga tinha sido descoberto, atingindo o ponto máximo com as supostas fotos de todas as páginas do título. Apesar de serem actos de mau gosto, e de também ocorrerem alguns problemas na distribuição e venda, a verdade é que tudo isto proporciona ainda mais interesse por este fim.
Amado por uns e odiado por outros, esta história ocupa o seu lugar, um trono que dificilmente será usurpado. Talvez por isso, petições como a “Save Harry Potter” tentam dar voz à vontade de alguns fãs, resta saber se terá resultados, até porque a sorte do jovem feiticeiro ainda não está decidida. J. K. Rowling acabou a escrita em choro, e já disse querer descansar depois da escrita destes volumes, não tendo projectos para o futuro, esperando uma nova grande inspiração.
Praticamente todos os meios de comunicação dão destaque a este lançamento. É que, embora ainda faltem dois filmes, a verdadeira alma de Harry Potter reside nos livros e essa, de certa forma, morre hoje: não haverão mais teorias, mais mistérios, nem notícias, e ainda que esta história continue por muitos anos na memória colectiva de todos quanto acompanharam a sua demanda, eis que chega finalmente o fim.
Terá a saga tido reais efeitos no incentivo à leitura? Terá sido importante para o mundo literário? Terá Harry Potter mudado a vida de alguém? A saga tem algo de especial, disso não há dúvida, resta saber o que ocupará o lugar agora vazio.
Num momento bastante simbólico, a autora assinalará o fim da história que ofereceu ao mundo lendo um excerto desta nos primeiros minutos do dia 21, no Museu de História Natural de Londres, na presença de 500 fãs, estando em directo no site da Bloomsbury.
Mesmo para quem não lerá o livro na versão original, hoje é o fim de um ciclo. Cada um descreve-o como bem achar.
Do início ao fim, dez anos de magia!
Publicado por Fábio J. às 18:03

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Um blog sobre livros e afins. A descongelar lentamente...
Contacto
Contacto

As mensagens poderão não ser lidas por extensos períodos. Pedidos de divulgação e/ou colaboração poderão não obter resposta.
pesquisar
 
comentários recentes
Muito boa tarde, gostaria de comprar o livro o alq...
O livro pareçeme intereçante eu vou começalo a ler...
Um religioso falando em delírios... chega a ser pa...
-Crónica de uma morte anunciada...vi esse filme em...
Realmente, sou fascinada por este livro, maravilho...
arquivos
2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D




O autor deste blog não respeita o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa