Abril 17 2008
Já quase um mês passou desde que aqui publiquei sobre Jonathan Strange & o Sr. Norrell, e desde que recebi alguns comentários que reflectiram opiniões bastante diversas acerca da referida obra. Ora, apesar das discordâncias, num ponto todos concordam: é uma história diferente. E é precisamente na peculiaridade da narrativa de Susanna Clarke que reside a causa de opiniões tão distintas.
Numa espécie de continuidade, a autora britânica que viu o seu romence de estreia ser premiado com vários prémios apresenta-nos, agora, As Senhoras de Grace Adieu, uma nova obra de ficção especulativa que mantêm vários elementos do fantástico apresentado no primeiro livro como o próprio Jonathan Strange e o legendário Rei Corvo.
Misturando a fina comédia social vitoriana com temas clássicos do imaginário britânico, e o rigor histórico com uma fértil imaginação, Susanna Clarke transporta o leitor a um mundo singular e inesperado, cuja atmosfera possui o sabor simultaneamente fascinante e temível dos sonhos.
Nesse mundo, duendes e fadas não estão tão distantes como imaginamos. Por vezes basta atravessar uma linha invisível para descobrir que podemos encontrar princesas petulantes, mochos horripilantes, senhoras que passam todo o seu tempo a bordar maléficos destinos ou deparar-nos com bosques sombrios e casas funestas que mudam de aparência constantemente.
Entre os heróis e heroínas que povoam estes contos de fadas podemos encontrar o duque de Wellington ou Maria Stuart, rainha da Escócia, personagens desta obra que combina fantasia para adultos com romance histórico de costumes.
Na versão original, The Ladies of Grace Adieu and Other Stories consiste numa colectânea de oito contos, dos quase faz parte The Ladies of Grace Adieu, escrito em 1996. Fica por esclarecer se a versão da Casa das Letras se resume apenas a este conto principal, o que provável já que, em Portugal, as editoras parecem recear publicar livros de contos, ou se podemos contar com a tradução integral da colectânea.
Destaco este livro pela mistura de temas que apresenta, para sua aparente singularidade e pelo facto de se seguir a um romance que, ao que parece, está já a ser adaptado pela New Line para cinema, em mais uma tentativa de imitar o sucesso da trilogia de Tolkien.
Quem já leu que opine. Quem não o fez que pense bem antes de ler esta obra tão caprichosa.

As Senhoras de Grace Adieu de Susanna Clarke

 
Boas Leituras!!!
Publicado por Fábio J. às 22:58

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Um blog sobre livros e afins. A descongelar lentamente...
Contacto
Contacto

As mensagens poderão não ser lidas por extensos períodos. Pedidos de divulgação e/ou colaboração poderão não obter resposta.
pesquisar
 
comentários recentes
Muito boa tarde, gostaria de comprar o livro o alq...
O livro pareçeme intereçante eu vou começalo a ler...
Um religioso falando em delírios... chega a ser pa...
-Crónica de uma morte anunciada...vi esse filme em...
Realmente, sou fascinada por este livro, maravilho...
arquivos
2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D




O autor deste blog não respeita o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa