Outubro 31 2008
Na descrição deste blog pode ler-se: “Ler é o maior pilar na construção de uma personalidade.” Escrevi a epígrafe há já algum tempo, era este espaço bastante diferente do que é agora mas, provavelmente, não tão diferente como eu era do que agora sou. É que, sem sentimentalismos, eu mudei e sei que parte da mudança resultou do que li. E como tudo, há o outro lado da questão: a forma como leio também mudou. Isto para dizer que a forma como interpreto e aprecio um livro hoje é diferente da forma como interpretei e apreciei um livro ontem.
Neste sentido, posso afirmar que, apesar da qualidade inegável da obra, não senti em O Despertar da Magia, de George R. R. Martin, a surpresa e esplendor que encontrei nos volumes precedentes. Faça-se justiça à obra: é fantástica! Contudo, estava à espera de (ainda) mais.
Este é o quarto volume d’As Crónicas de Gelo e de Fogo, em português, e a segunda parte da obra A Clash of Kings, na versão original. Neste livro, muito do que se preparou em A Fúria dos Reis é concretizado, reafirmando a mestria do autor, criador e contador incomparável.
Nos Sete Reinos, a luta pelo poder torna-se cada vez mais sangrenta. Os exércitos, liderados pelos seus respectivos reis, põem-se em marcha, prontos para lutar até à morte. A força bruta mistura-se com as intrigas, a traição e a magia. Tudo é válido porque, no fim, só os mais fortes e astuciosos vencerão. Mais uma vez, é com as intrigas e conspirações que o autor mais me fascina. No mundo de GRRM, subestimar o inimigo pode ser fatal.
A multiplicidade de perspectivas e situações apresentadas voltaram a deslumbrar-me. Ora estamos dentro de um fortificado castelo, ouvindo-se já os passos do exército inimigo, ora estamos numa floresta gelada, a lutar pela vida, ou numa cidade exótica e perigosa, rodeados por ardilosos inimigos.
Personagens vibrantes dão vida a uma história assombrosa, repleta de momentos cruéis, angustiantes e heróicos, narrada com um ritmo e perspicácia admiráveis. Tal como acima disse, esperava algo ainda mais sagaz e surpreendente, melhor do que os volumes anteriores. No entanto, não fiquei, de todo, desiludido. Melhor do que excelente é difícil, e este livro, assim como toda a série, é excelente.
O Despertar da Magia de George R. R. Martin
Boas Leituras!
Publicado por Fábio J. às 21:38

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Um blog sobre livros e afins. A descongelar lentamente...
Contacto
Contacto

As mensagens poderão não ser lidas por extensos períodos. Pedidos de divulgação e/ou colaboração poderão não obter resposta.
pesquisar
 
comentários recentes
Muito boa tarde, gostaria de comprar o livro o alq...
O livro pareçeme intereçante eu vou começalo a ler...
Um religioso falando em delírios... chega a ser pa...
-Crónica de uma morte anunciada...vi esse filme em...
Realmente, sou fascinada por este livro, maravilho...
arquivos
2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D




O autor deste blog não respeita o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa