Março 01 2009
Terminei o meu texto sobre a Filha do Sangue antevendo uma leitura mais agradável no volume seguinte da Trilogia das Jóias Negras. Felizmente a minha previsão concretizou-se, já que a Herdeira das Sombras revelou-se uma obra bastante mais clara e entusiasmante. E se por um lado o conhecimento adquirido no livro anterior foi decisivo para a compreensão da história, por outro parece-me que, desta vez, Anne Bishop dedicou mais páginas à explicação de conceitos e pormenores do seu universo.
No volume anterior Jaenelle, a protagonista da trilogia, passou por uma provação quase fatal que a levou a refugiar-se no Reino Distorcido. Neste volume, acompanhamos a ascensão da jovem que, apesar das dificuldades e dos inimigos que a pretendem usar, consegue não só recuperar mas também tornar-se na rainha mais poderosa, naquela que todos esperavam, desejavam e temiam: a Feiticeira.
Ora, neste livro a criatividade da autora continua a mostrar-se admirável. Surgem várias novas personagens, algumas delas muitíssimo bem criadas, com personalidades e características dignas de referência. Posso até afirmar que assistir ao crescimento dessas personagens consegue ser tão fascinante como assistir ao desenvolvimento de Jaenelle. E já que me centrei nas personagens, vale também a pena mencionar as já presentes no primeiro livro, nomeadamente Saetan e Lucivar, homens sem as quais a poderosa mas instável feiticeira não conseguiria vencer as diversas provações de que é vítima. Lamento o pouco protagonismo que a autora deu a outras personagens com grande potencial, mas ainda assim creio que, em parte, foram as personagens que compensaram os momentos mais monótonos ou desinteressantes da obra.
Para além das personagens, a autora mostra a sua criatividade também nas diversas criaturas inteligentes que nos apresenta. Num universo tão criativo, este era um pormenor que merecia ser desenvolvido e ainda bem que o foi, pois dá-lhe um toque duplamente fantástico.
Quanto à narração e ao estilo, não tenho dúvidas que ler a Herdeira das Sombras proporcionou-me vários bons momentos. Recordo-me de, a certa altura, ter parado a leitura, rindo-me e murmurando “genial, genial!”, tal foi a surpresa e criatividade do episódio. Diria que a história é contada de uma forma mais simples e directa do que no livro anterior, mas existem ainda situações aparentemente supérfluas. Há ainda um tom irónico e bem-humorado que não se destacavam anteriormente mas que, nesta obra, constituem um ponto forte da narrativa.
Trata-se de um romance extenso, dividido em cinco partes. Para lê-lo é necessário ler o livro precedente, embora ler um e ler outro sejam duas experiencias bastante diferentes. Estou bastante curioso em relação ao que possa encontrar no volume seguinte. Afinal este livro não me desiludiu, antes pelo contrário, agradou-me bastante. Se a tendência continuar, o próximo será um livro excelente. A ver vamos…
Herdeira das Sombras de Anne Bishop
Boas leituras!
P.S.: Muitos parabéns aos Blogs do SAPO pelos três anos de existência que hoje comemoram!
Publicado por Fábio J. às 18:50

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Um blog sobre livros e afins. A descongelar lentamente...
Contacto
Contacto

As mensagens poderão não ser lidas por extensos períodos. Pedidos de divulgação e/ou colaboração poderão não obter resposta.
pesquisar
 
comentários recentes
Muito boa tarde, gostaria de comprar o livro o alq...
O livro pareçeme intereçante eu vou começalo a ler...
Um religioso falando em delírios... chega a ser pa...
-Crónica de uma morte anunciada...vi esse filme em...
Realmente, sou fascinada por este livro, maravilho...
arquivos
2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D




O autor deste blog não respeita o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa