Junho 04 2009
Este blog tem 3 anos. E três anos, especialmente na Internet, é muito tempo. A blogosfera mudou, o universo virtual português revolucionou-se e a discussão sobre livros, bem, é outra coisa. Para além do blog, o autor também cresceu e envelheceu. O Crítico de hoje não é O Crítico de há três anos, e as suas motivações, as minhas motivações, são outras.
Entristece-me pensar no tempo que passou e no que era, que já não é. Há três anos, eu tinha tempo e uma grande vontade de partilhar opiniões. Havia espaço na blogosfera e pessoas que não gostavam apenas de livros, de editoras, de autores ou de notícias, mas de ler e de se perder numa história mais ou menos boa, mais ou menos premiada. Há três anos o mundo era outro, e as circunstâncias também. Talvez fizesse sentido criar um blog sobre livros. Talvez faça sentido acabar com um blog sobre livros.
Continuo a ler, e a adorar ler, e continuo a querer partilhar opiniões, mas quando existem outras prioridades não consigo estar aqui presente. E poderá manter-se um blog com um ou dois textos por mês? A verdade é que continuo a ter visitas e comentários, o que, aliás, me mantém aqui, mas sempre disse que só manteria o blog, e passo a citar, “enquanto não for um espaço decadente”.
Não leio, actualizo, critico ou respondo a comentários suficientemente rápido. O tempo está contra mim, e a tendência é piorar.
Por essa razão, agradeço imenso, e muito sinceramente, a todos os que por aqui continuam a passar. Vou esforçar-me para manter o espaço vivo, talvez por teimosia, talvez por que já não consigo livrar-me dele.
Este blog deixou de ser um bebé, e é agora uma pequena criança. Ou me adapto à realidade, ou desapareço.
Soprem as velas… são três.
0. 1. 2.
Publicado por Fábio J. às 19:23
Tags:

Gostei imenso do teu comentário! Sabes que és um marco neste espaço. Também eu te vejo como uma espécie de madrinha e fico contente por continuares a passar por aqui, mesmo com pouco tempo. Tu fazes-me sempre recordar o início d'Os Livros e da sua época áurea. Na verdade, sinto que te devo muito, pela tua excelente participação ao longo de todo este tempo.

Realmente não me é fácil manter o blog actualizado, mas vou continuar a insistir. Quero faze-lo e sinto-o como um dever. Enquanto poder, continuarei.

Obrigado por tudo, velha amiga. Existem diferentes tipos de amigos, e eu considero-te uma boa amiga virtual. :D

Um abraço!
Fábio J. a 29 de Junho de 2009 às 21:56

Um blog sobre livros e afins. A descongelar lentamente...
Contacto
Contacto

As mensagens poderão não ser lidas por extensos períodos. Pedidos de divulgação e/ou colaboração poderão não obter resposta.
pesquisar
 
comentários recentes
Muito boa tarde, gostaria de comprar o livro o alq...
O livro pareçeme intereçante eu vou começalo a ler...
Um religioso falando em delírios... chega a ser pa...
-Crónica de uma morte anunciada...vi esse filme em...
Realmente, sou fascinada por este livro, maravilho...
arquivos
2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D




O autor deste blog não respeita o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa