Fevereiro 10 2007

Estava eu a jogar on-line e eis que fiquei desconectado do servidor... ainda bem! Digo isto pois aproveitei para ir visitar uns sites que há algum tempo não visitava e gostei do que vi e li. Mais tarde poderei referir uma segunda informação, mas para já fico pela nova obra de Tolkien.

Há alguns meses atrás comentei uma notícia sobre o lançamento duma obra póstuma de Tolkien, editada pelo filho Chistopher Tolkien: The Children of Hurin. Pois bem, existem desenvolvimentos.

Esta obra, iniciada pelo mestre em 1918 e concluída, depois da sua morte, pelo filho, ao longo de 30 anos, já tem data de lançamento bem como capa oficial. Haverá uma edição normal, a custar cerca de 28 euros, e uma dita de luxo, a custar aproximadamente 90 euros, com vários mimos para os fás como, por exemplo, impressão em papel de alta qualidade e ilustrações, e possuirá mais algumas coisas exclusivas a esta edição.

Será lançado em Inglaterra a 17 de Abril deste ano e possivelmente também, na mesma data, nos Estados Unidos e em Portugal. A editorial Europa-América, responsável pela publicação das obras de Tolkien em Portugal, já fez saber que fará os possíveis para ter a versão portuguesa nas bancas simultaneamente com a versão original.

Alan Lee, um fá e reconhecido ilustrador da obra tolkiana, que colaborou com Peter Jackson nos filmes O Senhor dos Anéis, já deu por finalizada a capa da versão inglesa e o “selo” desta obra e, portanto, é já possível visualizar a sua ilustração. Refiro ainda que a primeira capa divulgada foi a da versão holandesa, também ilustrada por Alan Lee.

Já foram publicados excertos da obra, nomeadamente em Contos Inacabados, mas só agora será dada a conhecer na íntegra. A obra narra o início e o final trágico dos filhos de Hurin, apresentado grande parte das personagens já conhecidas nas outras obras de Tolkien, desde homens a elfos, bem como seres sobrenaturais.

É já considerada um dos grandes best-sellers de 2007! Esperemos para ver... eu, pelos menos, quero acompanhar este lançamento e, se possível, ler a obra.

Capa da versão inglesa de The Children of Hurin

Até breve e Boas Leituras!!!

Publicado por Fábio J. às 19:00

Setembro 19 2006

Antes de mais desculpem-me por mais duma semana sem publicar, mas para além do tempo ser pouco não tenho estado inspirado, até porque ainda não ando a ler nada.

Estava dar uma vista de olhos sobre as notícias (mentira: procurava uma notícia pequena para um trabalho de escola) e vi um título que me interessou: "Obra de Tolkien concluída pelo filho vai ser publicada". Passo a transcrever a notícia:

"Com base nos rascunhos deixados pelo pai, Christopher Tolkien , de 81 anos, consagrou 30 anos a finalizar "The Children of Hurin ", obra que o autor de "O Senhor dos Anéis" começou a escrever em 1918, mas deixou incompleta.

Embora tenham já sido publicados excertos da obra, só agora ela será dada a conhecer na íntegra.

Do lote de personagens fazem parte os elfos e os anões da Terra Média que aparecem noutras obras de Tolkien .

Para a directora executiva da HarperCollins, Victoria Barnsley, o livro é "uma história épica, com aventuras, tragédia, companheirismo e heroísmo".

"É uma das melhores demonstrações da habilidade de JRR Tolkien como contador de histórias", sintetizou, assegurando que a obra contém uma narrativa tão dramática e poderosa como a de «O Senhor dos Anéis".

Christopher Tolkien dedicou a sua vida ao estudo e à divulgação da obra do pai. Foi ele o responsável pela edição e publicação, há mais de 50 anos, de "O Silmarillion", uma compilação póstuma.

São também da autoria de Christopher os mapas que ilustram "O Senhor dos Anéis"."

O que eu quero tirar daqui é o facto de uma obra escrita por uma pessoa vir a ser finalizada por outra. Eu sei que Tolkien morreu e que obviamente não poderia ser ele a acaba-la, no entanto não sei até que ponto isto não será um plagio, mesmo sendo o filho a acabar a obra do pai.

Ao escrever isto não estou a querer insinuar que a obra será má, mas sim que de certa forma a obra ficará dividida irremediavelmente em duas partes, partes que por mais que se tentem encaixar nunca vão conseguir esconder a linha que as separa. Obviamente o resto da obra escrita pelo filho terá sido muito bem pensado e bem feito mas mesmo assim não existem duas pessoas com a escrita igual.

Bem no meio disto tudo acabei por me baralhar. Dêem a vossa opinião sobre este tipo de situações!

Esperando voltar mais rapidamente, despeço-me desejando-vos umas Boas Leituras...

Publicado por Fábio J. às 18:49

Um blog sobre livros e afins. A descongelar lentamente...
Contacto
Contacto

As mensagens poderão não ser lidas por extensos períodos. Pedidos de divulgação e/ou colaboração poderão não obter resposta.
pesquisar
 
posts recentes

17 de Abril

Post scriptum

comentários recentes
Um religioso falando em delírios... chega a ser pa...
-Crónica de uma morte anunciada...vi esse filme em...
Realmente, sou fascinada por este livro, maravilho...
ta fixe tou a lero segundo:tuneis  aventura n...
<a href='http://www.cricinfobuzzlive.com/live-c...
arquivos
2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D




O autor deste blog não respeita o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa