Setembro 19 2006

Antes de mais desculpem-me por mais duma semana sem publicar, mas para além do tempo ser pouco não tenho estado inspirado, até porque ainda não ando a ler nada.

Estava dar uma vista de olhos sobre as notícias (mentira: procurava uma notícia pequena para um trabalho de escola) e vi um título que me interessou: "Obra de Tolkien concluída pelo filho vai ser publicada". Passo a transcrever a notícia:

"Com base nos rascunhos deixados pelo pai, Christopher Tolkien , de 81 anos, consagrou 30 anos a finalizar "The Children of Hurin ", obra que o autor de "O Senhor dos Anéis" começou a escrever em 1918, mas deixou incompleta.

Embora tenham já sido publicados excertos da obra, só agora ela será dada a conhecer na íntegra.

Do lote de personagens fazem parte os elfos e os anões da Terra Média que aparecem noutras obras de Tolkien .

Para a directora executiva da HarperCollins, Victoria Barnsley, o livro é "uma história épica, com aventuras, tragédia, companheirismo e heroísmo".

"É uma das melhores demonstrações da habilidade de JRR Tolkien como contador de histórias", sintetizou, assegurando que a obra contém uma narrativa tão dramática e poderosa como a de «O Senhor dos Anéis".

Christopher Tolkien dedicou a sua vida ao estudo e à divulgação da obra do pai. Foi ele o responsável pela edição e publicação, há mais de 50 anos, de "O Silmarillion", uma compilação póstuma.

São também da autoria de Christopher os mapas que ilustram "O Senhor dos Anéis"."

O que eu quero tirar daqui é o facto de uma obra escrita por uma pessoa vir a ser finalizada por outra. Eu sei que Tolkien morreu e que obviamente não poderia ser ele a acaba-la, no entanto não sei até que ponto isto não será um plagio, mesmo sendo o filho a acabar a obra do pai.

Ao escrever isto não estou a querer insinuar que a obra será má, mas sim que de certa forma a obra ficará dividida irremediavelmente em duas partes, partes que por mais que se tentem encaixar nunca vão conseguir esconder a linha que as separa. Obviamente o resto da obra escrita pelo filho terá sido muito bem pensado e bem feito mas mesmo assim não existem duas pessoas com a escrita igual.

Bem no meio disto tudo acabei por me baralhar. Dêem a vossa opinião sobre este tipo de situações!

Esperando voltar mais rapidamente, despeço-me desejando-vos umas Boas Leituras...

Publicado por Fábio J. às 18:49

Setembro 11 2006

"Na manhã do dia 11 de Setembro de 2001, um avião de passageiros chocou contra uma das torres gémeas do World Trade Center, em Nova Iorque. Menos de 20 minutos mais tarde, outro avião explodiu contra a segunda torre. Chocada e horrorizada, a América deu início à caça dos responsáveis pela trágico atentado que jamais será esquecido."

Parece apenas a sincope de mais um livro, não? Infelizmente todos sabemos que não é apenas isso.

Passados 5 anos sobre os atentados, são muitos os livros publicados sobre a tragédia. Um deles, 11 de Setembro de 2001: Ataque às Torres Gémeas, faz parte duma coleção da Everest Editora e pertence a uma coleção intitulada Datas para a História. Esta é sem dúvida uma data que ficará para a história, e mais do que isso, uma data onde se passou uma grande história.

Seguindo a versão mais simples e abordada ou a mais elaborada e conspirativa, a verdade é que seria necessária uma grande imaginação e coragem para elaborar uma história como esta. Existem muitas histórias que gostariamos que fossem verdadeiras, mas no entanto, outras que o são gostariamos que não o fossem. Esta é uma dessas e quantos de nós não gostariamos que fosse mentira.

Este facto, que bem poderia ser ficcionado, mostra como o mundo pode ser engenhoso e elaborado, deixando a simplicidade para trás e tranparecendo a sua força e crueldade, uma crueldade que nenhum escritor conseguiu imitar até hoje.

Ficam aqui registados os meus sentimentos pelas vitimas e famílias e também a esperança que histórias como estas só se passem em livros, no futuro.

Por isso mesmo, Boas Leituras!!!

Publicado por Fábio J. às 18:15

Agosto 08 2006

Já não escrevia à tanto tempo... é do calor, não me deixa pensar!

Ontem, quando estava a ler mais um pouco de Eragon reparei quanto os autores literários usam a morte como um tema fulcral nos livros, e a verdade é que resulta. A morte duma personagem, seja ela "boa" ou "má", traz-nos sempre um grupo de emoções, talvez das mais fortes que se têm enquanto se lê. Por vezes ficamos arrepiados, outras vezes incrédulos , ou até um pouco contentes, diga-se a verdade, quando é o "mau" da acção que parte deste mundo, se é que percebem o eufemismo.

Quem é que nunca pensou depois de ler uma morte inesperada: "Ele morreu mesmo?". Eu já, pelo menos. Lembro-me que quando li a morte do Dumbledore no último Harry Potter. Li essa parte no mínimo uma três vezes, completamente incrédulo e fiquei até ao final do livro à espera que ele reaparecesse na história, e ainda hoje me custa a crer que tenha mesmo morrido, criando as hipóteses mais elaboradas e improváveis possíveis.

Agora no Eragon foi a morte de Brom que me deixou arrepiado, esperava ainda tanto dele. Mas são tantas as mortes em histórias literárias e tantos os seus tipos, desde os clássicos como os Maias onde o avó de Carlos morre de desgosto, ou no moderno Código da Vicni onde Sauniére morre assassinado e deixa aquele mundo de pistas, não esquecendo o livro que agora leio onde a aldeia de Yazuac foi totalmente destruída e os seus habitantes, mortos, empilhados na praça

Infelizmente a morte é, na vida real, algo muito doloroso e sem retorno e nunca trás felicidade nem emoções fortes para além da dor, mas nos livros a morte é tão explorada e de tantas formas pelos autores que se torna em algo quase banal... Banal mas forte!

Esperando voltar brevemente, e também pelos comentários despeço-me, e claro... Boas leituras!!!

Publicado por Fábio J. às 14:55

Um blog sobre livros e afins. A descongelar lentamente...
Contacto
Contacto

As mensagens poderão não ser lidas por extensos períodos. Pedidos de divulgação e/ou colaboração poderão não obter resposta.
pesquisar
 
comentários recentes
Um religioso falando em delírios... chega a ser pa...
-Crónica de uma morte anunciada...vi esse filme em...
Realmente, sou fascinada por este livro, maravilho...
ta fixe tou a lero segundo:tuneis  aventura n...
<a href='http://www.cricinfobuzzlive.com/live-c...
arquivos
2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D




O autor deste blog não respeita o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa